Estudo da praticabilidade do fechamento de colostomias em alça em pacientes sob anestesia local

OBJETIVO: Verificar a praticabilidade de se efetuar o fechamento de colostomia em alça sob anestesia local e sedação. MÉTODOS: Neste estudo 21 doentes foram submetidos a esta intervenção cirúrgica. Utilizou-se Lidocaína a 2% e Bupivacaína a 0,5%. Avaliou-se a dor em três períodos: intra-operatório, 1º pós-operatório e alta hospitalar; analisando-se intercorrências intra-operatórias, complicações pós-operatórias e a aceitabilidade desse procedimento. RESULTADOS: O tempo médio operatório correspondeu a 133 minutos, oscilando entre 85 e 290 minutos. O tempo médio de internação pós-operatória teve média de quatro dias, variando de três a doze dias. Não houve letalidade. Em dois doentes (9,4%) ocorreram complicações: hematoma de parede abdominal e infecção de ferida operatória. Quanto a intensidade de dor, escores iguais ou abaixo de três foram indicados na avaliação intra-operatória por 80% (17/21) dos doentes; no 1º pós-operatório por 85% (18/21). Na alta hospitalar 95,2% (20/21) dos doentes mostraram-se favoráveis à técnica sob anestesia local. CONCLUSÃO: Fechamento de colostomia em alça sob anestesia local e sedação é praticável, com segurança e aceitabilidade dos doentes.

Colostomia; Anestesia Local; Dor. Dor Pós-Operatória; Complicações Intra-Operatórias


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br