Efeitos do Tenoxicam sobre a cicatrização da parede abdominal: estudo experimental em ratos

Effects of Tenoxicam on the abdominal wall healing: experimental study in rats

André Luís Conde Watanabe Luís Massaro Watanabe Sobre os autores

OBJETIVO: Analisar os efeitos do tenoxicam, um antiinflamatório não hormonal, na cicatrização da parede abdominal de ratos. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos adultos, submetidos à laparotomia mediana e distribuídos, aleatoriamente, em um grupo controle (C), constituído de 20 animais que receberam solução de NaCl a 0,9 %; e um grupo tratado (T), constituído de 20 animais que receberam o tenoxicam. Os animais de cada grupo foram divididos, conforme a data de sacrifício, em subgrupos de 10 animais, denominados C7, C14, T7 e T14. As inscrições 7 e 14 determinaram o sacrifício dos animais no sétimo e décimo quarto dia pós-operatório, respectivamente. As soluções de tenoxicam (1mg/ml) e de NaCl a 0,9% foram administradas no pós-operatório imediato e nos quatro dias seguintes, por via intramuscular, na dose volume de 0,6 ml/kg/dia. No dia do sacrifício, realizou-se a ressecção de dois fragmentos da parede abdominal (1cm x 3cm), que foram utilizados para determinação da concentração de hidroxiprolina e avaliação da força de ruptura. RESULTADOS: Não foram observadas complicações da ferida operatória, incluindo infecção ou deiscência, nos quatro subgrupos de animais. Na análise comparativa dos quatro subgrupos de animais, não foi evidenciada diferença estatisticamente significante no estudo da força de ruptura (p=0,262) e na concentração de hidroxiprolina (p=0,392). CONCLUSÃO: A administração de tenoxicam, por via intramuscular, não interfere na cicatrização da parede abdominal de ratos.

Tenoxicam; Cicatrização; Parede abdominal


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br