Prevenção de translocação bacteriana com beta-(1-3)-D-glucana em isquemia e reperfusão intestinal em ratos

OBJETIVO: Investigar o papel da beta-(1-3)-D-glucana na translocação de Escherichia coli marcada com 99mTc e na secreção de citocinas em ratos submetidos a isquemia e reperfusão intestinal. MÉTODOS: Cinco grupos (n=10 cada) de ratos Wistar foram denominados controle (C), sham (S), grupo IR submetido a 45 minutos de isquemia do intestino delgado e 60 minutos de reperfusão(I/R), grupo I/R+glucana com 45 minutos de isquemia e 60 minutos de reperfusão(I/R) e tratados com glucana 2mg/Kg intramuscular. Translocação de Escherichia coli marcada com 99mTc, para Linfonodos mesentéricos, fígado, baço, pulmão e soro foi avaliada usando contagem de radioatividade e de unidades formadoras de colônias/g (UFC/g) Dosagem sérica de TNFalfa, IL-1beta, IL-6, IL-10 foi realizada pelo método ELISA. RESULTADOS: CFU/g e contagem de radioatividade foi significantemente maior nos ratos do grupo I/R do que no grupo I/R+glucana. Nos grupos C, S e S+glucana bactérias e contagem radioativa foram raramente detectadas. Os ratos do grupo I/R+glucana tiveram aumento de IL-10 sérica e significante redução da expressão de TNFalfa, IL-1beta e IL-6, quando comparados com os animais não tratados do grupo I/R. CONCLUSÃO: A beta-(1-3)-D-glucana modulou a produção de citocinas pró-inflamatórias e anti-inflamatórias durante a isquemia/reperfusão intestinal e contribuiu para reduzir a translocação de bactérias marcadas.

Translocação bacteriana; Glucana; Intestino; Isquemia; Reperfusão; Profilaxia


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br