Análise histológica quantitativa do ramo mandibular do nervo facial em ratos

Heloisa Juliana Zabeu Rossi Costa Raquel Salomone Ciro Ferreira da Silva Márcio Paulino Costa Beatriz Lucchetta Ramos Ricardo Ferreira Bento Sobre os autores

OBJETIVO: Estabelecer um modelo para análise histológica quantitativa do ramo mandibular do nervo facial de ratos. MÉTODOS: Onze ratos Wistar tiveram os ramos mandibulares de seus nervos faciais direito e esquerdo removidos cirurgicamente, e submetidos à análise histológica quantitativa de suas regiões proximal e distal com: a) contagem total do número de axônios, b) medida da área parcial (9000μm²) de corte transversal do nervo, c) cálculo de densidade parcial (DP). RESULTADOS: Em relação à densidade dos axônios, a comparação entre os lados não mostrou diferença estatisticamente significativa (p=0,248; p=0,533). A densidade parcial média das amostras distais e proximais foi, respectivamente, 0,18 ± 0,02 e 0,19 ± 0,02 axônios/μm². A comparação entre as amostras proximais e distais não mostrou diferença estatisticamente significativa (p=0,859; p=0,182). CONCLUSÃO: Este estudo estabeleceu com sucesso um modelo de análise histológica quantitativa do ramo mandibular do nervo facial em ratos.

Nervo Facial; Histologia; Ratos


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br