Alterações histopatológicas da parede intestinal de coelhos na isquemia-reperfusão com e sem precondicionamento isquêmico

Otoni Moreira Gomes Geraldo Brasileiro Filho Rodrigo Lolli Almeida Salles Rafaela Ervilha Linhares Maria Cristina Nazar Luiz Alberto Bonjardim Porto Rafael de Mattos Paixão Marcelo Heller Miranda Sobre os autores

OBJETIVO: Avaliar as alterações histopatológicas da mucosa intestinal de coelhos submetidos a isquemia-reperfusão com e sem precondicionamento isquêmicol. MÉTODOS: Foram estudados dois grupos de dez coelhos Nova Zelândia machos com pesos variáveis entre 2,2 e 3,0 kg (média de 2,5 kg) de peso corpóreo. Para indução da isquemia, em todos os animais, o intestino delgado e o mesentério foram seccionados 30 cm e 60 cm após a transição pilórica gastroduodenal, antes da oclusão da artéria mesentérica cranial. Nos animais do Grupo 1, a artéria mesentérica proximal foi ocluida por pinçamento atraumático durante 45 min., seguido de reperfusão por 30 min. No Grupo 2, foi realizado precondicionamento por três ciclos de 2 min. de oclusão mesentérica intercalados com três ciclos de 2 min. de reperfusão, seguido de oclusão mantida por 45 min e reperfusão de 30min. como no Grupo I. Para estudo histopatológico, foram obtidas biópsias da parede intestinal antes da isquemia (t0-controle), após 45 min. de isquemia (t1) e após 30 min. de reperfusão (t2). RESULTADOS: No Grupo I foram observados os seguintes graus de lesões: t1, média de 2,8 e t2, média 3,3, Foram significantes as diferenças entre t0 e t1 e t0 e t2, mas não foram significantes as variações entre t1 e t2 (p>0,05). No Grupo 2, obteve-se em t1,média de 2,6 e t2, média 2,1. Foram significantes (p<0,05) as diferenças entre t0 e t1, t0 e t2 e entre t1 e t2. . Não ocorreu diferença significante (p>0,05) entre os resultados de t1 nos dois Grupos, mas foram significantes (p<0,05) as diferenças entre os resultados histopatológicos das biopsias de t2 dos Grupos 1 e 2. CONCLUSÃO: O precondicionamento isquêmico reduziu significantemente a degeneração histopatológica determinada pela reperfusão pós-isquêmica da parede intestinal.

Oclusão Vascular Mesentérica; Precondicionamento Isquêmico; Experimentação Animal; Coelhos


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br