Modelo de bancada sintético de etileno vinil acetato para a aprendizagem das bases da cirurgia: treinamento de suturas

Devido aos aspectos éticos e legais envolvidos no manuseio de cadáveres e animais, os simuladores sintéticos surgem como alternativa para o ensino-aprendizagem de técnicas de sutura e simulação de procedimentos, como a confecção de incisões e retalhos cirúrgicos. Neste âmbito é proposto e descrito um modelo de bancada sintético confeccionado a partir de etileno vinil acetato (EVA) para o ensino de habilidades cirúrgicas básicas, em estudantes de medicina sem exposição prévia a cirurgia. O modelo fornece a praticidade de ser reprodutível, barato e de fácil aquisição, possibilitando que o acadêmico em formação possa, portanto, aperfeiçoar suas habilidades antes de aplicar a técnica na prática clínica.

Educação Médica; Estudantes de Medicina; Ensino; Cirurgia; Suturas


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br