Estudo histológico e histométrico das vilosidades e das células caliciformes ileais na ileocistoplastia em ratas

Histologic and histometric study of the villous and of the ileal goblet cells, on the ileocystoplasty in female rats

24 ratos de WISTAR, fêmeas, OUTB EPM-1, divididas em dois grupos experimentais de 4 e 12 semanas (GE eu e GE II). sofreram ileocitoplastia para estudo da mucosa ileal. Cada rato fêmea era seu próprio controle (GC I e GC II), pela exclusão de segmento ileal de 1,0 cm., no momento zero da operação, justaposto ao segmento ileal pediculado de 2,5 cm., que ampliou a bexiga urinária. Depois do tempo experimental, , as peças operatórias retiradas eram processadas com os controles, para estudo microscópico pelos métodos HE e Alcian Blue (pH 2,5) Orange. A eutanásia era consumada com anestésico. Os resultados histomorfométricos eram comparados por grupos entre experimento e controle e depois suas diferenças por grupos independentes, por meio da análise estatística, que fixou 5% o nível de rejeição da hipótese de nulidade, para os testes aplicados. Há diminuição progressiva do número e altura das vilosidades do GE II em relação ao GE I, e de cada experimento, comparado com seu controle. As células caliciformes ileais (sialomucinas), exibem aumento significante e progressivo de seu número. As alterações encontradas na mucosa ileal da ileocistoplastia, não desencorajam sua indicação.

Derivação urinária; Técnicas histológicas; Mucosa intestinal; Ratos


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br