BLOQUEIO DO ÓXIDO NÍTRICO COM L-NAME COMPROMETE A MICROCIRCULAÇÃO HEPÁTICA DURANTE ENDOTOXINEMIA

Blockade of NO with L-NAME jeopardize hepatic microcirculation during endotoxemia

O bloqueio da produção do óxido nítrico durante endotoxinemia permanece controvertido. Visando avaliar o efeito do bloqueio do óxido nítrico na microcirculação hepática, ratos Sprague-Dawley machos receberam LPS e depois de 2h foram tratados com L-NAME (10 mg/kg, n=6) ou solução salina (NS, n=7). A perfusão sinusoidal foi avaliada pela microscopia intravital, sangue foi colhido das veias hepáticas para determinação do equilíbrio ácido-básico, e a bile produzida durante todo o experimento foi mensurada. Depois de 1h de tratamento L-NAME acentuou a falência da perfusão sinusoidal induzida pelo LPS (p < 0.05 vs NS), acentuando a acidose no sangue efluente hepático (p < 0.05 vs NS), enquanto o fluxo biliar apresentou uma redução adicional (L-NAME 2.0 ± 0.5 vs NS 2.4 ± 0.1 <FONT FACE="Symbol">m</font>l/g/min). O bloqueio não-seletivo do óxido nítrico na endotoxinemia aumenta a falência da perfusão sinusoidal, piora o equilíbrio ácido-básico do fígado e tende a acentuar a deficiência da função excretora.

Óxido nítrico; Microcirculação hepática; Perfusão sinusoidal


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br