Habilidade dos cirurgiões na avaliação de medidas

INTRODUÇÃO: Cirurgiões comumente estimam dimensões sem a ajuda de instrumentos adequados, prática com implicâncias na terapêutica, trabalhos científicos e de ordem legal. MÉTODOS: No estudo apresentado foi solicitado a 40 cirurgiões estimar as medidas de linhas traçadas em cartões (avaliação visual) e traçar linhas com medidas pré-determinadas (avaliação motora). RESULTADOS: Mostraram que a avaliação visual é superestimada e a motora subestimada. CONCLUSÃO: A avaliação de medidas sem instrumental adequado é sujeita a erro.

Medições; Sistema métrico; Avaliação


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br