A cirurgia brasileira perde um Mestre

HOMENAGEM

A cirurgia brasileira perde um Mestre.

É com profunda tristeza que comunicamos à comunidade acadêmica e científica o falecimento do Professor Doutor Celso Luiz Santiago Figueirôa, vitimado por ruptura de anesurisma de aorta abdominal no dia 4 de agosto de 2007. Graduou-se em medicina em 1960 tendo obtido grau de Doutor, Livre-Docente e Professor Titular de Técnica Operatória e Cirurgia Experimental da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP). Atualmente ocupava o cargo de Presidente do Comitê de Ética em Pesquisa da EBMSP e Chefe do Departamento de Cirurgia da Santa Casa de Misericórdia da Bahia (SCMBA). Na sua carreira administrativa figuram também cargos como Mordomo da SCMBA e Diretor da EBMSP. Foi orientador e avaliador de inúmeras Dissertações e Teses, presidiu centenas de eventos científicos regionais, nacionais e internacionais. Seus artigos científicos figuram em revistas tais com a Revista Pan-americana de Flebologia y Linfologia, Revista Brasileira de Flebologia e Linfologia, Revista Espanhola de Flebologia y Linfologia, Phlebologie, Angiology. Foi membro da Comissão Editorial de Cirurgia Vascular e do Comitê Científico da Revista Pan-americana de Flebologia y Linfologia, membro da comissão Editorial de Cirurgia Vascular da Revista Patologia Vascular, do Colégio Mundial de Doenças Vasculares (Madri-Espanha) e editor chefe da Revista Brasileira de Flebologia e Linfologia. Pertenceu a várias sociedades científicas, incluindo-se a Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia (SOBRADPEC) e a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV) da qual foi Presidente em 1973. Destaca-se entre as suas numerosas condecorações, a medalha do College International de Chirugie (FICS). O Prof. Figueirôa é o fundador da escola cirúrgica contemporânea da Bahia e pioneiro da cirurgia experimental em nosso Estado, tendo sido disseminador da pesquisa em cirurgia em todo Nordeste. Formou e influenciou várias gerações de médicos e professores universitários com seus métodos e conceitos, muitos dos quais transcendiam seu tempo. Quem conheceu o Prof. Celso teve a oportunidade de conviver com um ser humano solícito e preocupado com o mundo que o rodeava. Incentivador e companheiro de todos os seus discípulos, foi sobretudo um homem vitorioso que amou intensamente sua esposa Dra Ethel e que criou três filhos nos princípios do amor, ética e dignidade. Um homem honesto que sonhava o futuro e perseguia seus sonhos sem infringir os princípios alheios. Foi o Professor que não nos ensinou o que viu ou o que leu, mas ensinou fundamentalmente o que viveu. A saudade de seus parentes, amigos e discípulos será sempre confortada pelo brilhantismo e retidão do seu exemplo. Até uma próxima aula Professor Celso Luiz Santiago Figueirôa.

Marcos Almeida Matos

Prof. Adjunto Doutor da

Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública ( EBMSP)

Salvador-BA

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    28 Jan 2008
  • Data do Fascículo
    Dez 2007
Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br