Construção e avaliação de um sistema óptico não-laser para excitação de processos fotodinâmicos

Objetivo: Descrever a construção de uma fonte de luz não-laser, a partir de uma lâmpada de Tungstênio e filtros óticos adequados e demonstrar que sua eficiência em estudos fotodinâmicos, mediados por protoporfirina IX, é semelhante a do laser de Hélio Neônio. Métodos: As regiões Infravermelha e Azul do espectro de emissão óptica de uma lâmpada de Tungstênio foram convenientemente descartadas por processos de absorção, enquanto que a fração centrada na região do vermelho foi removida com o uso de um filtro de interferência. O efeito fotodinâmico foi estudado, em glândula Harderiana de ratos Wistar em razão da produção endógena de protoporfirina IX (PpIX) por estas glândulas. Foram utilizados 20 ratos. Cada animal teve as duas glândulas expostas cirurgicamente, sendo uma delas tratada com a fonte não-laser e a outra mantida como controle. Após tratamento por 30 minutos os animais foram sacrificados e suas glândulas removidas para estudo histológico. Os resultados foram comparados a estudos realizados com laser de Hélio Neônio, já publicados. Resultados: A luz produzida pelo equipamento está centrada em torno de (636 ± 6,5) nm, fornecendo uma densidade de potência de 11,3 mW/cm². Os efeitos fotodinâmicos produzidos na glândula Harderiana, podem ser observados tanto por espectroscopia de fluorescência como por microscopia ótica. Conclusão: Não foram observadas diferenças significativas nos resultados do efeito fotodinâmico obtidos com a fonte de luz não-laser proposta, em comparação aos resultados conhecidos com o uso do laser de Hélio Neônio.

Fotoquimioterapia; Lasers; Glândula de Harder


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br