Exangue. Embolia. Valvas Cardíacas

12 – TERMINOLOGIA MÉDICA

EXANGUE

Carlos Alberto Guimarães1 1 . Professor Adjunto de Cirurgia Torácica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Doutor em Medicina da Universidade Federal de São Paulo - EPM, Livre Docente da UFRJ.

Guimarães CA. Exangue. Embolia. Valvas cardíacas. Acta Cir Bras [serial online] 2002 Jan-Fev;17(1). Disponível em: URL: http://www.scielo.br/acb.

[Do lat. Exsanguis]. Adj. 2g. 1. Sem sangue. 2. Sem forças; débil, exausto (Ferreira, ABH. Novo Aurélio século XXI: o dicionário da língua portuguesa. 3 ed. rev. amp. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; 1999. p.856.).

Adj. Diz-se de pessoa que perdeu muito sangue; anêmico. 2. Exausto, sem forças, débil. (Rey L. Dicionário de termos técnicos de medicina e saúde. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan: 1999, p. 306).

EMBOLIA

Embolia: s.f. (Med). Obstrução de vaso sangüíneo por coágulos, bolhas de gás ou óleo (Do gr. Embolé = ação de atirar em algum lugar + ia). Embolismo: sm. Intercalação de dias ou meses para fazer concordar o ano lunar com o solar (Do gr. Embolismós = intercalação, pelo lat.: embolismus) (Nascentes A. Dicionário da língua portuguesa da Academia Brasileira de Letras. Rio de Janeiro: Bloch; 1988, p. 223).

Embolia s.f. (gr. Embolé, irrupção) 1. Obliteração de um conduto natural, geralmente de um vaso sangüíneo, por um corpo estranho em migração. 2. Embolia gasosa, penetração anormal de gás sob a forma de bolhas na circulação sangüínea. Não se menciona "embolismo". (Larousse Cultural. Dicionário da língua portuguesa. São Paulo: Nova Cultural; 1993. p. 152.).

Embolia sf. (Patol). Obliteração dum vaso sangüíneo por um êmbolo. Do fr. Embolie, deriv. do gr. Embolē "ação de lançar", "obstrução". Embolismo: 1. "embolia"; 2. Acréscimo de tempo ao ano lunar para que ele coincida com o ano solar. Do fr. Embolisme, deriv. do latim tardio embolismus e, este, do gr. Embolismós, var. de embólimos. (Cunha AG. Dicionário etimológico Nova Fronteira da língua portuguesa. 2 ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; 1999. p. 290).

Embolia: s.f. (med). Obliteração súbita de um vaso, especialmente uma artéria, por um êmbolo. Formação de êmbolos e seus efeitos. Formação do grego embole (obstrução) + ia. Embolismo: s.m. (crônonimo). Intercalação de alguns dias ou meses para fazer concordar o ano lunar com o ano solar. (Med) Formação de embolias; estado que dessa formação resulta para os vasos sangüíneos. Forma latina Embolismus, intercalar. (Garcia H, Nascentes A. Dicionário contemporâneo da língua portuguesa Caldas Aulete. 4 ed. Rio de Janeiro: Delta; 1985. p. 1197.).

Embolia. [Do fr. embolie < gr. embolé, 'ação de lançar'; 'ataque', + fr. -ie (= -ia1).] S. f. Patol. 1. Obliteração dum vaso sanguíneo por um êmbolo (2); embolismo2. Embolismo. embolismo1 [Do lat. med. embolismu < lat. tard. embolismu < gr. embolismós, var. de embólimos, 'intercalação'.] S. m. 1. Acréscimo de tempo ao ano lunar para que ele coincida com o ano solar. embolismo2 [Do lat. cient. embolismus < gr. embolé, 'ataque', + lat. cient. -ismus (v. -ismo).] S. m. 1. Patol. Embolia. (Dicionário Aurélio Eletrônico Século XXI).

Embolia s.f. Embolismo s.m. (Academia Brasileira de Letras. Vocabulário ortográfico da língua portuguesa. 3 ed. Rio de Janeiro: A Academia; 1999. p.285).

CONCLUSÕES

  1. Os vocábulos "embolia" e "embolismo" existem na língua portuguesa.

  2. Nos seis dicionários consultados há divergência dentre os verbetes desses dois vocábulos.

  3. Embolia pode ser sinônimo de embolismo.

  4. Embolismo é o estado que a formação de embolias resulta para os vasos sangüíneos; seria um condição ulterior à embolia.

Embora não se possa considerar errado quem usa "embolismo" como sinônimo de "embolia", penso ser um estilo mais elegante considerar "embolismo" como um estado que se segue à "embolia". Por exemplo, um capítulo de livro deveria ter como título "Embolismo".

VALVAS CARDÍACAS

Não existem valvas mitral e tricúspide e sim, respectivamente, valva atrioventricular esquerda e valva atrioventricular direita. As válvulas são as subdivisões ou folhetos das valvas atrioventriculares. A valva atrioventricular direita se subdivide em válvulas anterior, posterior e septal. A valva atrioventricular esquerda se subdivide em válvulas anterior, posterior e comissural. (Sociedade Brasileira de Anatomia. Terminologia anatômica. São Paulo: Manole; 2001).

REFERÊNCIAS

Data do recebimento: 02/09/2001

Data da revisão: 12/10/2001

Data da aprovação: 03/11/2001

  • Academia Brasileira de Letras. Vocabulário onomástico da língua portuguesa. Rio de Janeiro: A Academia; 1999.
  • Ferreira, ABH. Novo Aurélio século XXI: o dicionário da língua portuguesa. 3 ed. Rev. Amp. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; 1999.
  • Rey L. Dicionário de termos técnicos de medicina e saúde. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1999.

  • 1
    . Professor Adjunto de Cirurgia Torácica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Doutor em Medicina da Universidade Federal de São Paulo - EPM, Livre Docente da UFRJ.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    03 Set 2003
  • Data do Fascículo
    Fev 2002

Histórico

  • Aceito
    03 Nov 2001
  • Revisado
    12 Out 2001
  • Recebido
    02 Set 2001
Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br