Estudo dos lipídios em jovens portadores de esquistossomose hepatoesplênica submetidos a tratamento cirúrgico

A lipid study of schistosomotic young people underwent surgical treatment

Objetivo: Avaliar o metabolismo lipídico em uma população de jovens portadores de esquistossomose na forma hepatoesplênica associada a varizes sangrentas de esôfago. Métodos: Foram selecionados, aleatoriamente, 20 jovens com estas anormalidades, submetidos a esplenectomia, ligadura da veia gástrica esquerda e auto-implante de tecido esplênico no omento maior. Como controle foram selecionados 20 adolescentes saudáveis, com a mesma condição sócio-econômico ambiental do grupo estudo. Destes dois grupos, obtiveram-se plasma e eritrócitos de onde foram extraídos, separados e dosados os lipídios neutros, colesterol livre e esterificado, fosfolipídios e triglicerídios. Resultados: A concentração molar de colesterol total do grupo de pacientes foi discretamente reduzida quando comparada ao grupo de indivíduos controles. Resultados similares foram observados com as frações de colesterol esterificado e colesterol livre. Houve redução na concentração de triglicerídios plasmáticos mas não significativa. Os fosfolipídios individuais apresentarem concentração relativa similar aos do grupo controle, entretanto houve redução significativa (p < 0,01) na fração fosfatidiletanolamina dos pacientes, cuja redução não alterou significatvamente os fosfolipídios totais plasmáticos. Na membrana eritrocitária, os níveis de colesterol total e fosfolipídio total, não sofreram alterações significativas. Conclusão: Os dados sugerem haver normalização nos níveis lipídicos no plasma e na membrana eritrocitária dos pacientes submetidos ao tratamento efetuado.

Esquistossomose mansônica hepatoesplênica; Lipídios; Colesterol; Fosfolipídios


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br