Nutrição mineral de hortaliças: XC. Deficiências de macronutrientes, boro e zinco em milho doce

Mineral nutrition of vegetable crops: XC. Macronutrients, boron and zinc defficiencies in sweet corn

Resumos

Um ensaio foi conduzido para se determinar o efeito da omissão de macronutrientes e de boro e zinco em solução nutritiva, na avaliação do crescimento e sintomatologia de carência destes elementos. As plântulas foram cultivadas até a obtenção dos sintomas. As plantas foram coletadas e divididas em folhas novas, folhas velhas, colmos, pendões, palhas e espigas. O material foi seco e analisado quimicamente. Os autores observaram uma redução na produção de matéria seca das diversas partes em função da omissão dos nutrientes do meio nutritivo. A redução obedeceu a seguinte ordem decrescente: -N, -P, -K e em menor escala -Ca, -Mg, -Zn, -B, e -S. Os níveis analíticos encontrados nas folhas novas em plantas bem nutridas e desnutridas foram: N% 1,29-0,72: P% 0,17-0,03; K% 1,33-0,15; Ca% 0,90-0,74; Mg% 0,36-0,03; S% 0,20-0,08; B ppm 39-21; Zn ppm 3-4. Os níveis analíticos encontrados nas folhas velhas em plantas bem nutridas e desnutridas foram: N% 0,54-0,48; P% 0,05-0,02; K% 1,12-0,08; Ca% 1,05-0,70; Mg% 0,54-0,03; S% 0,13-0,10; B ppm 58-25; Zn ppm 2-10. Foram descritos os sintomas de carência de todos os elementos pesquisados.

milho doce; deficiências; macronutrientes; boro e zinco


Young sweet corn plants (Zea mays var. sachirata L.) cv. Contibrasil were transplanted to pots containing 7kg of S and size pure quartz. During the first 5 days the plants received only water. Treatments were started 18 days after germination and consisted of: complete solution (all nutrients): -N, -P, -K, -Ca, -Mg, -S, -B, -Zn. Solutions were supplied to the plants through percolation. Plants were collected as soon as the symptoms appeared and divided into: new leaves, old leaves, stem, tassel, straw, and cob. All the material was dried at 80°C for several days and analysed for nutrient content by laboratory conventional methods. The authors concluded that: a) omission of any of the elements reduce plant growth; b) clear cut symptoms were obtained for all nutrients; c) levels in the new leaves both healthy and diseased were: N% 1.29-0.72; P% 0.17-0.03; K% 1.33-0.15; Ca% 0.90-0.74; Mg% 0.36-0.03; S% 0.20-0.08; B ppm 39-21; Zn ppm 3-4; and d) levels in the old leaves, both healthy and diseased, were: N% 0.54-0.48; P% 0.05-0.02; K% 1.12-0.08; Ca% 1.05-0.70; Mg% 0.54-0.03; S% 0.13-0.10; B ppm 58-25; Zn ppm 2-10.

sweet corn; malnutrition symptoms; macronutrients; boron and zinc


ARTIGOS ARTICLES

NUTRIÇÃO DE PLANTAS PLANT NUTRITION

Nutrição mineral de hortaliças. XC. Deficiências de macronutrientes, boro e zinco em milho doce

Mineral nutrition of vegetable crops. XC. Macronutrients, boron and zinc defficiencies in sweet corn

H.P. Haag; A.R. Dechen; Q.A.C. Carmello

IDepartamento de Química da E.S.A. "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo - 13.400 - Piracicaba, SP

RESUMO

Um ensaio foi conduzido para se determinar o efeito da omissão de macronutrientes e de boro e zinco em solução nutritiva, na avaliação do crescimento e sintomatologia de carência destes elementos. As plântulas foram cultivadas até a obtenção dos sintomas. As plantas foram coletadas e divididas em folhas novas, folhas velhas, colmos, pendões, palhas e espigas. O material foi seco e analisado quimicamente. Os autores observaram uma redução na produção de matéria seca das diversas partes em função da omissão dos nutrientes do meio nutritivo. A redução obedeceu a seguinte ordem decrescente: -N, -P, -K e em menor escala -Ca, -Mg, -Zn, -B, e -S. Os níveis analíticos encontrados nas folhas novas em plantas bem nutridas e desnutridas foram: N% 1,29-0,72: P% 0,17-0,03; K% 1,33-0,15; Ca% 0,90-0,74; Mg% 0,36-0,03; S% 0,20-0,08; B ppm 39-21; Zn ppm 3-4. Os níveis analíticos encontrados nas folhas velhas em plantas bem nutridas e desnutridas foram: N% 0,54-0,48; P% 0,05-0,02; K% 1,12-0,08; Ca% 1,05-0,70; Mg% 0,54-0,03; S% 0,13-0,10; B ppm 58-25; Zn ppm 2-10. Foram descritos os sintomas de carência de todos os elementos pesquisados.

Termos para indexação: milho doce, deficiências, macronutrientes, boro e zinco.

ABSTRACT

Young sweet corn plants (Zea mays var. sachirata L.) cv. Contibrasil were transplanted to pots containing 7kg of S and size pure quartz. During the first 5 days the plants received only water. Treatments were started 18 days after germination and consisted of: complete solution (all nutrients): -N, -P, -K, -Ca, -Mg, -S, -B, -Zn. Solutions were supplied to the plants through percolation. Plants were collected as soon as the symptoms appeared and divided into: new leaves, old leaves, stem, tassel, straw, and cob. All the material was dried at 80°C for several days and analysed for nutrient content by laboratory conventional methods. The authors concluded that: a) omission of any of the elements reduce plant growth; b) clear cut symptoms were obtained for all nutrients; c) levels in the new leaves both healthy and diseased were: N% 1.29-0.72; P% 0.17-0.03; K% 1.33-0.15; Ca% 0.90-0.74; Mg% 0.36-0.03; S% 0.20-0.08; B ppm 39-21; Zn ppm 3-4; and d) levels in the old leaves, both healthy and diseased, were: N% 0.54-0.48; P% 0.05-0.02; K% 1.12-0.08; Ca% 1.05-0.70; Mg% 0.54-0.03; S% 0.13-0.10; B ppm 58-25; Zn ppm 2-10.

Index terms: sweet corn, malnutrition symptoms, macronutrients, boron and zinc.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Entregue para publicação em: 14/02/90

Aprovado para publicação em: 22/10/90

  • ARNON, I. Mineral nutrition of maize. Berna, International Potash Institute, 1975. 452p.
  • BERGER, J. Maize production and the manuring of maize. Geneva, Centre d'Etude de L'Azote, 1962. 315p.
  • FILGUEIRA, F.R. Manual de olericultura. 2.ed. São Paulo, Editora Agronômica Ceres, 1981. 338p.
  • HAAG, H.P.; MINAMI, K.; SESSO, M.V. Nutrição mineral de hortaliças. LXXXIX. Crescimento e acúmulo de macro e micronutrientes por uma cultura de milho doce. Anais da Escola Superior de Agricultura "Luis de Queiroz", Piracicaba, 47(2):479-506, 1990.
  • HIATT, A.J. & MASSEY, H.F. Zinc levels in relation to zinc content and growth of corn. Agronomy Journal, Madison, 50:22-4, 1958.
  • HOAGLAND, D.R. & ARNON, D.I. The water culture method for growing plants without soil . Archives. California Agriculture Experiment Station. Berkley (347):1-15. 1944.
  • HOFFER, N.G. & KRANTZ, B.A. Deficiency symptoms of corn and small, grans. In: BEAR, F.E. Hunger signs in crops. Washington, American Society of Agronomy. 1949. 390p.
  • IGUE, K. & GALLO, J.R. Deficiência de zinco em milho no Estado de São Paulo. Bulletin. IBEC Research Institute, New York (20), 1960.
  • LOUE', A. Mais. In: PREVEL, P.M., coord. L'analyse vegetate claus de controle de l'alimentation as plantes; tempérés et tropicales. Paris, Lavoisier, 1984. 810p.
  • MALAVOLTA, E.; HAAG, H.P.; MELLO, F.A.F.de; BRASIL SOBRINHO, M.O.C. Nutrição mineral e adubação de plantas cultivadas. São Paulo, Pioneira, 1974. 813p.
  • MALAVOLTA, E. & GARGANTINI, H. Nutrição mineral e adubação. In: Instituto Brasileiro da Potassa. Cultura e adubação do milho. São Paulo, 1966.
  • SARRUGE, J.R. & HAAG, H.P. Analises químicas em plantas. Piracicaba, ESALQ, Departamento de Química, 1974. 56p.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    06 Maio 2009
  • Data do Fascículo
    1990

Histórico

  • Recebido
    14 Fev 1990
  • Aceito
    22 Out 1990
Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Av.Páduas Dias, 11, C.P 9 / Piracicaba - São Paulo, Brasil, tel. (019)3429-4486, (019)3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@esalq.usp.br