Parâmetros da rede de drenagem de solos da região de Iracemápolis (SP)

Drainage patterns of soils in the Iracemapolis region, state of São Paulo

Resumos

Com o objetivo de utilizar parâmetros da drenagem determinados em fotografias aéreas em áreas de latossolos argilosos e solos podzólicos de textura arenosa/média ou média/argilosa, assim como dos solos rasos associados, estudou-se quantitativamente a composição das redes de drenagem de unidades de mapeamento desses solos. A área de estudo, com tamanho aproximado de 600km², está localizada na Depressão Periférica Paulista, na região de Iracemápolis-SP. Foi feito o estudo das bacias hidrográficas de terceira ordem de ramificação, selecionadas pelo princípio da semelhança geométrica. Analisaram-se o número, comprimento total e comprimento médio de segmentos de rios, em amostras constituídas por bacias e por amostras circulares. Os valores da densidade de drenagem, tanto das bacias como das áreas circulares, mostraram diferenças entre os grupos de latossolos argilosos e os grupos de solos podzólicos. Além disso, esse parâmetro distinguiu também as unidades de mapeamento compostas, principalmente para solos podzólicos.

densidade de drenagem; fotografia aérea; solos com B textural; solos com B latossólico


A study of drainage network accomplished with the help of aerial photographs in areas of oxisols and ultisols occurence is presented. The study area with approximately 600km², is located in the Peripheral Depression in the Iracemapolis region, state of São Paulo. The composition of natural drainage networks of the third order of ramification of the studied areas was determined through watersheds which were selected by the principles of geometrical similarity and same order of ramification. The oxisols region is formed by cleyey soils developed from basic rocks and the ultisols area is formed by soils developed from sandstone or shale. The analysis of parameters: number, total length and mean length of stream segments was done with each area unit. The drainage density appeared to be the best parameter to differentiate between soil mapping units.

drainage density; aerial photography; textural B soils; latossolic B soils


ARTIGOS ARTICLES

SOLOS SOILS

Parâmetros da rede de drenagem de solos da região de Iracemápolis (SP)

Drainage patterns of soils in the Iracemapolis region, state of São Paulo

G.V. FrançaI; J.A.M. DemattêII

IDepartamento de Solos, Geologia e Fertilizantes da E.S.A. "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo - 13.400 - Piracicaba, SP

IIAcadêmico da ESAL - Lavras

RESUMO

Com o objetivo de utilizar parâmetros da drenagem determinados em fotografias aéreas em áreas de latossolos argilosos e solos podzólicos de textura arenosa/média ou média/argilosa, assim como dos solos rasos associados, estudou-se quantitativamente a composição das redes de drenagem de unidades de mapeamento desses solos. A área de estudo, com tamanho aproximado de 600km2, está localizada na Depressão Periférica Paulista, na região de Iracemápolis-SP. Foi feito o estudo das bacias hidrográficas de terceira ordem de ramificação, selecionadas pelo princípio da semelhança geométrica. Analisaram-se o número, comprimento total e comprimento médio de segmentos de rios, em amostras constituídas por bacias e por amostras circulares. Os valores da densidade de drenagem, tanto das bacias como das áreas circulares, mostraram diferenças entre os grupos de latossolos argilosos e os grupos de solos podzólicos. Além disso, esse parâmetro distinguiu também as unidades de mapeamento compostas, principalmente para solos podzólicos.

Termos para indexação: densidade de drenagem, fotografia aérea, solos com B textural, solos com B latossólico.

ABSTRACT

A study of drainage network accomplished with the help of aerial photographs in areas of oxisols and ultisols occurence is presented. The study area with approximately 600km2, is located in the Peripheral Depression in the Iracemapolis region, state of São Paulo. The composition of natural drainage networks of the third order of ramification of the studied areas was determined through watersheds which were selected by the principles of geometrical similarity and same order of ramification. The oxisols region is formed by cleyey soils developed from basic rocks and the ultisols area is formed by soils developed from sandstone or shale. The analysis of parameters: number, total length and mean length of stream segments was done with each area unit. The drainage density appeared to be the best parameter to differentiate between soil mapping units.

Index terms: drainage density, aerial photography, textural B soils, latossolic B soils

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Entregue para publicação em: 30/07/90

Aprovado para publicação em: 05/11/90

  • ALMEIDA, F.F.M. Fundamentos geológicos do relevo paulista. São Paulo, Instituto Geográfico e Geológico, 1964. 110p. (Teses e monografias, 14).
  • CARVALHO, W.A. Fotointerpretação de bacias hidrográficas e amostras circulares de redes de drenagem de solos com horizonte B textural. Piracicaba, 1977. 132p. (Doutorado - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/USP).
  • FADEL, H. Fotointerpretação de bacias e de redes de drenagem de três séries de solos da fazenda Ipanema, município de Araçoiaba da Serra (SP). Piracicaba, 1972. 92p. (Mestrado - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/USP).
  • FRANÇA, G.V.de. Interpretação fotográfica de bacias e de redes de drenagem aplicada a solos da região de Piracicaba. Piracicaba, 1968. 151p. (Doutorado - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/USP).
  • HORTON, R.E. Erosional development of streams and their drainage basin: hidrophysical approach to quantitative morphology. Bulletin of the Geological Society of America, London, 56:275-370, 1945.
  • LEÃO, S.R. Interpretação fotográfica dos padrões de drenagem desenvolvidos em dois solos do Distrito Federal. Piracicaba, 1972. 110p. (Mestrado - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/USP).
  • LUEDER, D.R. Aerial photographic interpretation: principles and applications. New York, McGraw-Hill, 1959. 462p.
  • OLIVEIRA, J.B.; MENK, J.R.; ROTTA, CL. Levantamento pedológico semi-detalhado dos solos do Estado de São Paulo. Quadrícula de Campinas. Rio de Janeiro, IBGE, 1979. 63p.
  • OLIVEIRA, J.B. & PRADO, H. Levantamento pedológico semi-detalhado dos solos do Estado de São Paulo. Quadrícula de Piracicaba. Rio de Janeiro, IBGE, 1989. 70p.
  • PARVIS, M. Drainage pattern significance in airphoto identification of soils and bedrocks. Photogrammetric Engineering, Washington, 16:387-409, 1950.
  • RAY, R.G. & FISCHER, W.A. Quantitative photography: a geologic research. Photogrammetrie Engineering, Washington, 26:143-50, 1960.
  • STRAHLER, A.N. Quantitative analysis of watershead geomorphology. Transactions of the American Geophysical Union, New Haven, 38:913-20, 1957.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    06 Maio 2009
  • Data do Fascículo
    1990

Histórico

  • Recebido
    30 Jul 1990
  • Aceito
    05 Nov 1990
Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Av.Páduas Dias, 11, C.P 9 / Piracicaba - São Paulo, Brasil, tel. (019)3429-4486, (019)3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@esalq.usp.br