Análise comparada de crescimento do enxerto e do porta-enxerto de Hevea brasiliensis Muell. Arg. em viveiro

Compared growth analysis of stock and scion of Hevea brasiliensis Muell. Arg. in nursery

Resumos

O objetivo do presente trabalho foi o de verificar a compatibilidade entre o enxerto ('RRIM 600') e o porta-enxerto ('Tjir 16') de seringueira, através da análise comparada de crescimento. As plantas foram cultivadas em recipientes plásticos, nas condições de viveiro, em Piracicaba (SP). As amostras foram coletadas em 4 períodos (de duas épocas) com intervalos de 30 dias. Os valores da TAL da seringueira foram de 0,018 a 0,031g.dm-2.dia-1, da TCR de 0,0145 a 0,0165g.g-1.dia-1 e da RAF de 0,4363 a 0,8510dm².g-1. A VPS e a VAF revelaram um maior vigor do porta-enxerto com relação ao enxerto e uma certa incompatibilidade no período de desenvolvimento de 'Tjir 16' em relação ao 'RRIM 600'. A RAF e a RPF mostraram, respectivamente, uma maior proporção relativa da área e do peso foliar no peso total da planta no início do desenvolvimento do enxerto e mais tardiamente no porta-enxerto. Verificou-se uma relação direta entre os valores da TCR e da TAL do enxerto e do porta-enxerto, sendo que os cultivares não apresentaram diferenças sensíveis nos incrementos de matéria seca por unidade de tempo.

seringueira; análise de crescimento; enxerto; porta-enxerto; compatibilidade


An experiment was carried out to establish a comparative growth analysis of stock and scion of rubber plant under nursery conditions. Samples were collected in four periods at 30 days intervals. The results indicated values of 0.018 to 0.031g.dm-2.day-1 for NAR, 0.0145 to 0.0165g.g-1.day-1 for RGR and 0.4363 to 0.8510dm².g-1 for LAR of RRIM 600 and Tjir 16 rubber cultivars. Dry weight variation and leaf area variation showed a higher vigour of the rootstock compared to the clone, and a difference in the growth period of 'Tjir 16' compared with 'RRIM 600'. LAR and LWR showed, respectively, a higher relative proportion of leaf area and leaf weight in the dry weight of the plant in the initial phase of growth of the stock and latter in the clone. A direct relationship was noted between the values of RGR and NAR of the stock and clone. 'Tjir 16' and 'RRIM 600' did not present sensible differences in dry matter increase with time.

rubber; growth analysis; stock; scion


ARTIGOS ARTICLES

FISIOLOGIA VEGETAL PLANT PHYSIOLOGY

Análise comparada de crescimento do enxerto e do porta-enxerto de Hevea brasiliensis Muell. Arg. em viveiro

Compared growth analysis of stock and scion of Hevea brasiliensis Muell. Arg. in nursery

P.R.C. CastroI; L.M. BarbosaII; V.D.F. NastriII; A.A. LucchesiI

IDepartamento de Botânica da E.S.A. "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo - 13.400 - Piracicaba, SP

IISeção de Ecologia do Instituto de Botânica - 01.000-Sao Paulo, SP, Bolsista do CNPq

RESUMO

O objetivo do presente trabalho foi o de verificar a compatibilidade entre o enxerto ('RRIM 600') e o porta-enxerto ('Tjir 16') de seringueira, através da análise comparada de crescimento. As plantas foram cultivadas em recipientes plásticos, nas condições de viveiro, em Piracicaba (SP). As amostras foram coletadas em 4 períodos (de duas épocas) com intervalos de 30 dias. Os valores da TAL da seringueira foram de 0,018 a 0,031g.dm-2.dia-1, da TCR de 0,0145 a 0,0165g.g-1.dia-1 e da RAF de 0,4363 a 0,8510dm2.g-1. A VPS e a VAF revelaram um maior vigor do porta-enxerto com relação ao enxerto e uma certa incompatibilidade no período de desenvolvimento de 'Tjir 16' em relação ao 'RRIM 600'. A RAF e a RPF mostraram, respectivamente, uma maior proporção relativa da área e do peso foliar no peso total da planta no início do desenvolvimento do enxerto e mais tardiamente no porta-enxerto. Verificou-se uma relação direta entre os valores da TCR e da TAL do enxerto e do porta-enxerto, sendo que os cultivares não apresentaram diferenças sensíveis nos incrementos de matéria seca por unidade de tempo.

Termos para indexação: seringueira, análise de crescimento, enxerto, porta-enxerto, compatibilidade.

ABSTRACT

An experiment was carried out to establish a comparative growth analysis of stock and scion of rubber plant under nursery conditions. Samples were collected in four periods at 30 days intervals. The results indicated values of 0.018 to 0.031g.dm-2.day-1 for NAR, 0.0145 to 0.0165g.g-1.day-1 for RGR and 0.4363 to 0.8510dm2.g-1 for LAR of RRIM 600 and Tjir 16 rubber cultivars. Dry weight variation and leaf area variation showed a higher vigour of the rootstock compared to the clone, and a difference in the growth period of 'Tjir 16' compared with 'RRIM 600'. LAR and LWR showed, respectively, a higher relative proportion of leaf area and leaf weight in the dry weight of the plant in the initial phase of growth of the stock and latter in the clone. A direct relationship was noted between the values of RGR and NAR of the stock and clone. 'Tjir 16' and 'RRIM 600' did not present sensible differences in dry matter increase with time.

Index terms: rubber, growth analysis, stock, scion.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Entregue para publicação em 02/02/90

Aprovado para publicação em 26/04/90

  • ALVIM, P.T. Los factores de la productividad agrícola. In: CURSO INTERNACIONAL DE BASES FISIOLÓGICAS DE LA PRODUCCIÓN AGRÍCOLA, Lima, 1962. Lima, IICA, 1962. 20p.
  • BLACKMAN, G.E. & WILSON, G.L. Physiological studies in the analysis of plant environment. VII. An analysis of the differential effects of light intensity on the net assimilation leaf area ratio and relative growth rate different species. Annals of Botany, London, 15:373-408, 1951.
  • GOODALL, D.W. Growth analysis of cacao seedlings. Annals of Botany, London, 14:291-306, 1950.
  • GRANGIER JR., A. & ALVIM, P.T. Análise de crescimento e do vigor híbrido em plântulas de cacau Catongo. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BOTÂNICA DO BRASIL, 15., Porto Alegre, 1964. Anais. Porto Alegre,  1964. 427-37.
  • GRIME, J.P. Shade tolerance in flowering plants. Nature, London, 5006(208):161-3, 1965.
  • GUTIERREZ G.,J. & JIMÉNEZ S., E. Desarrollo de um método fisiologico para la seleccion temprana de plantas perennes de alta productividad. Cacao, Turrial-ba, 12(1):1-8. 1967.
  • MONSELISE, S.P. Growth analysis of citrus seedlings. II. A comparison between sweet lime, rough lemon and sour orange. Palestine Journal of Botany, Rehovot, 8:125-32. 1953.
  • MORAES, V.H.F. & VALOIS, A.C.C. Produção de sementes clonais ilegítimas para porta-enxertos de seringueira (Hevea spp.). Comunicado Técnico. EMBRAPA/CNP Seringueira e Dendê, Manaus, (9):1-8, 1979.
  • SANTOS, P.M. Efeito da interação enxerto x porta-enxerto em seringueira (Hevea spp.). Piracicaba, 1982. 66p. (Mestrado - Escola Superior de Agricultura"Luiz de Queiroz"/USP) .
  • VALOIS, A.C.C.; PINHEIRO, E.; CONCEIÇÃO, H.E.D. & SILVA, M.N.C. Competição de porta-enxertos de seringueira (Hevea spp.) e estimativas de parâmetros genéticos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, 13(2): 49-54. 1978.
  • WALTER, H. Ecology of tropical and subtropical vegetation. Edinburg, Oliver & Boyd, 1971. cap.l, p.1-29.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    06 Maio 2009
  • Data do Fascículo
    1990

Histórico

  • Aceito
    26 Abr 1990
  • Recebido
    02 Fev 1990
Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Av.Páduas Dias, 11, C.P 9 / Piracicaba - São Paulo, Brasil, tel. (019)3429-4486, (019)3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@esalq.usp.br