Pulverização de novos acaricidas no combate ao ácaro da leprose Brevipalpus phoenicis (GEIJSKES, 1939) (Acari: Tenuipalpidae) em citros

Spray of new acaricides against the mite of leprosis Brevipalpus phoenicis (GEIJSKES, 1939) (Acari: Tenuipalpidae) on citrus

R. Motta J.M. Silva C.A. Sugahara A.J. Raizer W.Y. Kato F.A.M. Mariconi Sobre os autores

Resumos

O ácaro da leprose é, segundo alguns autores, o vetor responsável pela transmissão da leprose, doença possivelmente causada por um vírus. Este trabalho foi realizado com o objetivo de combate químico ao ácaro, que nos últimos anos está se tornando mais importante. Os tratamentos eram seis, cada um com quatro repetições, mas os produtos eram três. Cada laranjeira recebeu 3,33 litros de calda. Todos os defensivos utilizados conduziram a excelentes resultados até os 89 dias após a pulverização, ocasião em que os trabalhos foram encerrados.

ácaro de leprose; Brevipalpus phoenicis; citros; combate químico


In order to control the citrus mite of leprosis, orange trees were sprayed. The following treatments and quantities of active ingredients per hectare were sprayed: A - check; B - hexythiazox, 59. 4g; C - hexythiazox, 89.1g; D - hexythiazox, 118.8 g; E - hexythiazox, 59.4 g+cyhexatin, 123.75g; F-bromopropilate, 371.25g. Each tree received in coverage 3.33 liters of water plus pesticide. Eight evaluations were made on ripe fruits using stereo microscopes: one (02 days before the spray) and 7 post-treatments (05, 12, 25, 40, 54, 67 and 89 days after the application). The results indicated efficient control of all treatments on citrus mite of leprosis in the period between 25 and 89 days after the spray. Table III shows the real mortality (efficiency) and Table IV the statistical analysis.

mite of leprosis; Brevipalpus phoenicis; citrus; chemical control


Pulverização de novos acaricidas no combate ao ácaro da leprose Brevipalpus phoenicis (GEIJSKES, 1939) (Acari: Tenuipalpidae) em citros* * Entregue para publicação em: 30/04/87.

Spray of new acaricides against the mite of leprosis Brevipalpus phoenicis (GEIJSKES, 1939) (Acari: Tenuipalpidae) on citrus

R. MottaI; J.M. SilvaI; C.A. SugaharaI; A.J. RaizerI; W.Y. KatoI; F.A.M. MariconiII

IBolsistas do Departamento de Zoologia, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz, USP, Piracicaba, SP

IIProfessor do Departamento de Zoologia, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", USP, Piracicaba, SP

RESUMO

O ácaro da leprose é, segundo alguns autores, o vetor responsável pela transmissão da leprose, doença possivelmente causada por um vírus.

Este trabalho foi realizado com o objetivo de combate químico ao ácaro, que nos últimos anos está se tornando mais importante. Os tratamentos eram seis, cada um com quatro repetições, mas os produtos eram três. Cada laranjeira recebeu 3,33 litros de calda.

Todos os defensivos utilizados conduziram a excelentes resultados até os 89 dias após a pulverização, ocasião em que os trabalhos foram encerrados.

Palavras-chave: ácaro de leprose, Brevipalpus phoenicis, citros, combate químico.

SUMMARY

In order to control the citrus mite of leprosis, orange trees were sprayed. The following treatments and quantities of active ingredients per hectare were sprayed: A - check; B - hexythiazox, 59. 4g; C - hexythiazox, 89.1g; D - hexythiazox, 118.8 g; E - hexythiazox, 59.4 g+cyhexatin, 123.75g; F-bromopropilate, 371.25g.

Each tree received in coverage 3.33 liters of water plus pesticide. Eight evaluations were made on ripe fruits using stereo microscopes: one (02 days before the spray) and 7 post-treatments (05, 12, 25, 40, 54, 67 and 89 days after the application). The results indicated efficient control of all treatments on citrus mite of leprosis in the period between 25 and 89 days after the spray. Table III shows the real mortality (efficiency) and Table IV the statistical analysis.

Key-words: mite of leprosis, Brevipalpus phoenicis, citrus, chemical control.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

  • BERTOLOTTI , S.G; S. DODO; C.M. OLIVETTI & O. NAKANO, 1976. Ensaio visando o controle do ácaro de leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939). O Solo, Piracicaba, 68 (1): 47-51.
  • CAETANO, A.A.; H.S. PRATES & J. TEÓFILO SOBRINHO, 1979. Comparação de defensivos aplicados sobre plantas cítricas e no solo para controlar o ácaro Brevipalpus phoenicis (Geijskes). In: Anais do V Congresso Brasileiro de Fruticultura, Pelotas, RS. p. 630-641.
  • CHIAVEGATO, L.G.; M.M. MISCHAN & J. F. FRANCO, 1983. Comportamento do ácaro Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) (Acari: Tenuipalpidae) em plantas cítricas tratadas com aldicarbe no solo. In: VIII Congresso Brasileiro de Entomologia, Brasília, DF. Resumos p. 111.
  • CHIAVEGATO, L.G. & J. YAMASHITA, 1984. Efeito da avermectina (MK-936) sobre o ácaro da leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) (Acari: Tenuipaipidae) em citros. In: IX Congresso Brasileiro de Entomologia, Londrina, PR. Resumos, p. 277.
  • MARICONI, F.A.M.; J.C. CARVALHO; J.C. OLIVEIRA FILHO; B.M. SANTOS; R. FAGAN; H.C. BRUNELLI JR. & L.A. AMORIM NETO, 1979. Combate químico ao ácaro da leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) em laranjeiras. O Solo, Piracicaba, 71 (1): 13-16.
  • OLIVEIRA, C.A.L. 1986a. Controle dos ácaros da ferrugem Phyllocoptruta oleivora (Ashmead, 1836) e da leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) com avermectina em citros. In: X Congresso Brasileiro de Entomologia, Rio de Janeiro, RJ. Resumos, p. 264.
  • OLIVEIRA, C.A.L., 1986b. Acaricidas no controle do ácaro da leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) (Acari: Tenuipalpidae) na cultura do citros. In: X Congresso Brasileiro de Entomologia, Rio de Janeiro, RJ. Resumos, p. 338.
  • SILVA, J.M.; A.J. RAIZER; CA. SUGAHARA; R. MOTTA; F.A. M. MARICONI & J.A. SCARPARI FILHO, 1986. Ensaio de Combate Químico ao Ácaro da leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) em pomar cítrico. An. Esc. Sup. Agric. "Luiz de Queiroz" 43: 551-563.
  • SILVA, J.R.T.; E.L. RIGOTTO & C.A.L. OLIVEIRA, 1983. Eficiência de produtos com ação acaricida no controle do ácaro da leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes, 1939) (Acari: Tenuipalpidae) em citrus. In: VII Congresso Brasileiro de Entomologia, Brasília, DF. Resumos, p. 110.
  • SUPLICY FILHO, N.; A.F. CINTRA; I. MYAZAKI; D.A. OLIVEIRA & J. TEÓFILO SOBRINHO, 1977. Comportamento do "ácaro da leprose" Brevipalpus phoenicis  (Geijskes, 1939) em relação a alguns acaricidas na zona de Limeira. O Biológico, São Paulo. 43 (1-2): 21-24.

  • *
    Entregue para publicação em: 30/04/87.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    20 Ago 2010
  • Data do Fascículo
    1987
Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Av.Páduas Dias, 11, C.P 9 / Piracicaba - São Paulo, Brasil, tel. (019)3429-4486, (019)3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@esalq.usp.br