Helicobacter pylori e doença péptica: estudo comparativo de métodos diagnósticos

Helicobacter pylori and peptic disease: comparative study of the diagnostic methods

Alaor Caetano Valter Nilton Felix Fernando Tadeu Vanucci Coimbra Arnaldo José Ganc Sobre os autores

Foram estudados, prospectivamente, 150 pacientes. Estudo endoscópico revelou gastrite crônica em 109 pacientes (72,6%), úlcera gástrica em 6 (4%), duodenite crônica em 9 (6%) e úlcera duodenal em 26 (17,4%). Quanto à avaliação metodológica para pesquisa do Helicobacter pylori, 103 (68,67%) apresentaram teste da urease positivo, 104 (69,33%), positividade histopatológica e 98 (65,33%), positividade sorológica. Não houve diferença estatística entre os métodos. Pela facilidade de realização, o teste da urease credencia-se como o de melhor indicação nos pacientes que também se beneficiarão com o diagnóstico endoscópico. Caso a endoscopia digestiva alta não possa ou não deva ser realizada, está recomendado o teste sorológico.

Infecções por Helicobacter; Testes sorológicos; Urease


Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia e Outras Especialidades - IBEPEGE. Rua Dr. Seng, 320, 01331-020 São Paulo - SP Brasil, Tel./Fax: +55 11 3147-6227 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: secretariaarqgastr@hospitaligesp.com.br