Accessibility / Report Error

MOLECULAR DETECTION OF CLARITHROMYCIN AND FLUOROQUINOLONES RESISTANCE IN HELICOBACTER PYLORI INFECTION, DIRECTLY APPLIED TO GASTRIC BIOPSIES, IN AN URBAN BRAZILIAN POPULATION

RESUMO

Contexto -

A resistência aos antimicrobianos é o principal fator associado à falha terapêutica no tratamento do H. pylori. Testes moleculares são úteis na detecção das mutações genéticas associadas ao desenvolvimento de resistência à claritromicina e fluorquinolonas. O conhecimento da taxa de prevalência local de resistência é importante na definição do melhor esquema terapêutico.

Objetivo -

Estimar a prevalência de resistência primária do H. pylori à claritromicina e fluorquinolonas, empregando-se um teste molecular, em uma capital do Sudeste do Brasil.

Métodos

- Setenta e dois pacientes com sorologia positiva para H. pylori [65% mulheres, idade média 39 (19-73) anos], nunca tratados previamente para essa infecção, foram selecionados. Todos os pacientes submeteram-se à endoscopia digestiva com biópsias de antro e corpo e realização do teste molecular GenoType HelicoDR (Hain Life Science, Alemanha) para a detecção do H. pylori e das mutações pontuais dos genes responsáveis pela resistência à claritromicina e fluorquinolonas. O procedimento molecular constituía-se de três etapas: extração do DNA a partir das amostras endoscópicas, amplificação multiplex com primers biotinilados e hibridização reversa. As mutações pontuais mais frequentemente envolvidas com resistência aos dois antibióticos foram avaliadas.

Resultados

- Resistência à claritromicina foi detectada em nove (12,5%) pacientes e às fluorquinolonas em oito (11,1%) pacientes. A mutação pontual A2147G foi a mais comum (77,8%) entre as cepas resistentes à claritromicina. Em 50% das cepas resistentes à fluorquinolonas, o códon mutante não pôde ser identificado.

Conclusão -

As taxas de resistência à claritromicina (12,5%) e às fluorquinolonas (11,1%), em uma importante capital do Sudeste do Brasil, mostraram índices aceitáveis, sugerindo que essas drogas permanecem opções apropriadas para o tratamento de primeira e segunda linha do H. pylori. O teste molecular constitui uma ferramenta diagnóstica adequada para monitorar a resistência do H. pylori.

DESCRITORES -
Helicobacter pylori; Claritromicina; Fluoroquinolonas; Patologia molecular; Anti-infecciosos.

Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia e Outras Especialidades - IBEPEGE. Rua Dr. Seng, 320, 01331-020 São Paulo - SP Brasil, Tel./Fax: +55 11 3147-6227 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: secretariaarqgastr@hospitaligesp.com.br