Avaliação do impacto da cirrose e do transplante hepático na função tireoidiana

Karla Rocha PENTEADO Júlio Cezar Uili COELHO Mônica Beatriz PAROLIN Jorge Eduardo Fouto MATIAS Alexandre Coutinho Teixeira de FREITAS Sobre os autores

Contexto

A disfunção tireoidiana tem sido relatada em associação com a maioria das doenças crônicas, incluindo a doença hepática terminal. Estes defeitos no metabolismo dos hormônios tireoidianos resultam na síndrome do doente eutireoideo ou, também conhecida como síndrome do T3 baixo.

Objetivos

Avaliar a função tireoidiana em pacientes com doença hepática avançada, antes e depois de serem submetidos ao transplante hepático cadavérico (THC) e, correlacionar as alterações hormonais da tireóide com o MELD.

Métodos

Em um estudo prospectivo, os níveis séricos de tireotropina (hormônio estimulante da tireóide

TSH), tiroxina total (T4 total), tiroxina livre (T4 livre) e triiodotironina (T3) de 30 pacientes adultos do sexo masculino com doença hepática terminal foram dosados 2 e 4 horas antes e 6 meses após o THC. O valor do MELD foi determinado no dia do procedimento. Para esta análise, os pontos extras não foram adicionados para os pacientes com carcinoma hepatocelular.

Resultados

Os pacientes apresentaram níveis de TSH e T4 livre normais antes do THC e não houve nenhuma alteração após o procedimento. As dosagens de T4 total e T3 no início do estudo estavam dentro da faixa normal, exceto por quatro pacientes (13,3%), os quais apresentavam valores abaixo da referência. Ambos os hormônios apresentaram um aumento 6 meses após o THC (P=0,02 e P<0,001, respectivamente). Quando os pacientes foram divididos em dois grupos (MELD <18 e MELD >18) não observamos diferença nos níveis de TSH, T4 total e T4 livre entre os grupos após THC. Apesar de não haver variação nos níveis de T3 no grupo com MELD <18 (P=0,055), houve um aumento no grupo MELD >18 após THC (P=0,003).

Conclusão

Os pacientes com cirrose hepática submetidos a transplante hepático tinham valores normais de TSH e T4 livre antes e após o THC. Nos poucos pacientes que apresentavam valores baixos de T4 total e T3 antes do THC, houve normalização destes hormônios após o THC.

DESCRITORES
Transplante hepático; Tireotropina; Tiroxina; Tri-iodotironina; Cirrose hepática; Doença hepática terminal; Síndromes do eutireóideo doente


Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia e Outras Especialidades - IBEPEGE. Rua Dr. Seng, 320, 01331-020 São Paulo - SP Brasil, Tel./Fax: +55 11 3147-6227 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: secretariaarqgastr@hospitaligesp.com.br