Inquérito soro-epidemiológico de Brucella ovis em rebanhos ovinos no semiárido baiano

Sero-epidemiological survey for Brucella ovis infection in sheep flocks of Bahia State, Brazil

Com o objetivo de analisar a ocorrência de anticorpos contra Brucella ovis em ovinos no semiárido baiano, este inquérito foi conduzido em rebanhos da microrregião de Juazeiro, Bahia. O teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA) foi utilizado para examinar 694 amostras de soro de 58 rebanhos. Anticorpos para B. ovis foram observados em cinco (0,72%) dos animais investigados. Acredita-se que o baixo número de soropositivos deva-se às características dos sistemas de produção, com predominância do tipo de exploração extensiva de animais localmente adaptados, mestiços e sem raça definida para a produção de carne e pele, com baixa produtividade e tecnificação.

Brucelose ovina; epidemiologia; IDGA; ocorrência


Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br