Accessibility / Report Error

Quitosana fúngica sobre larvas de nematoides gastrintestinais de caprinos

Fungal chitosan on gastrointestinal nematodes larvae of goats

RESUMO:

A caprinocultura é representada por um efetivo bastante considerável no Nordeste brasileiro, porém, infecções causadas por nematoides e o sério problema da resistência parasitária se tornaram barreiras para a criação desses animais. Como alternativa, o controle com bioprodutos entra como uma solução sustentável e viável para auxiliar na criação da região. Nesse contexto, o presente trabalho avaliou a atuação da quitosana fúngica sobre o desenvolvimento larval de nematoides gastrintestinais em amostras de caprinos naturalmente infectados. Para tanto, foi realizada a seleção de 5 propriedades e confirmada a positividade do rebanho, além de coproculturas com solução de quitosana a 0,5; 1,0 e 1,5%, com cada tratamento realizado em 5 repetições. As larvas de terceiro estágio (L3) foram recuperadas e cem larvas por tratamento foram contabilizadas e identificadas. Os gêneros identificados foram Haemonchus, Strongyloides, Oesophagostomum e Trichostrongylus. Na análise da inibição do desenvolvimento larval, a concentração de 1,0% impediu o desenvolvimento larval do Haemonchus em 35%, porém, os resultados não tiveram diferença estatística significante. Assim, sugere-se buscar novas concentrações de quitosana fúngica como anti-helmíntico, visto que se apresenta como uma alternativa promissora no controle sustentável desses endoparasitos.

PALAVRAS-CHAVE:
atividade larvicida; anti-helmínticos naturais; infecção parasitária

Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br