Accessibility / Report Error

COMPORTAMENTO DO MARACUJAZEIRO AMARELO, VARIEDADE AFRUVEC, ANTE UMA POPULAÇÃO DE FUSARIUM SOLANI, AGENTE CAUSAL DA PODRIDÃO DO COLO

BEHAVIOUR OF YELLOW PASSION FRUIT, AFRUVEC VARIETY, IN RELATION TO A POPULATION OF FUSARIUM SOLANI, CAUSAL AGENT OF COLLAR ROT

C.J. Bueno I.H. Fischer M.C.M. Parisi E.L. Furtado Sobre os autores

RESUMO

O objetivo do presente trabalho foi verificar o comportamento do maracujazeiro amarelo, variedade Afruvec, ante uma população de Fusarium solani, obtida desse mesmo hospedeiro. O delineamento adotado foi o de blocos ao acaso, contendo dez tratamentos (nove isolados e tratamento testemunha), com quatro repetições, sendo cada parcela representada por um vaso contendo uma planta. Um disco do meio de cultura, colonizado com cada isolado do fungo, foi inoculado no colo ferido das plantas da variedade Afruvec, dois meses após a semeadura. Avaliou-se a patogenicidade, a incidência (número de plantas mortas) e a severidade da doença (comprimento da lesão no colo), até os sessenta dias após a inoculação. A variedade Afruvec foi suscetível ao fungo e apresentou variabilidade quanto à incidência e severidade da doença diante dos diferentes isolados. A população do fungo apresentou variabilidade em relação à agressividade. Com a evidência de diversidade genética na população do fungo, recomenda-se, também, nos testes de seleção de materiais ao patógeno, a avaliação desses materiais em diferentes localidades com histórico da doença ou inoculação com uma mistura de isolados do fungo, a fim de se conhecer a resistência ampla do genótipo ao patógeno.

PALAVRAS-CHAVE
Maracujá; melhoramento genético; resistência genética; Fusarium solani ; variabilidade genética

Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br