COMPATIBILIDADE DE LECAN ICILLIUM LECANII (HYPHOMYCETES), EM CONDIÇÕES DE LABORATÓRIO E ESTUFA, AOS AGROTÓXICOS UTILIZADOS NA CULTURA DO CRISÂNTEMO

COMPATIBILITY OF LECANICILLIUM LECANII, IN LABORATORY AND GREENHOUSE CONDITIONS, TO PESTICIDES USED IN THE CHRYSANTHEMUM CROP

RESUMO

Este trabalho teve como objetivo avaliar, em condições de laboratório e estufa, a compatibilidade de Lecanicillium lecanii, JAB 02, com agrotóxicos. A compatibilidade em laboratório foi verificada misturando-se os agrotóxicos ao meio de cultura BDA e os parâmetros utilizados para a avaliação foram: crescimento vegetativo, esporulação e viabilidade do entomopatógeno. Em condições de estufa, as suspensões dos agrotóxicos e, posteriormente, a do fungo foram pulverizadas em plantas de crisântemo. Após a aplicação, folhas foram coletadas e lavadas obtendo-se uma suspensão que foi plaqueada em BDA, sendo então avaliado o crescimento das colônias do fungo. Verificou-se, em laboratório, que a maioria dos inseticidas e os acaricidas foram compatíveis ao fungo, com exceção do inseticida Thiodan® classificado como muito tóxico. Todos os fungicidas testados foram classificados como tóxico e muito tóxico. Em condições de estufa, no tratamento com o fungicida Rovral® foi observado um número de colônias fúngicas formadas compatível com a testemunha, não afetando o desenvolvimento do fungo. Essa compatibilidade repetiu-se para os produtos Alto 100® e Thiodan® em alguns dos tempos avaliados. Os produtos Rovral® e Alto 100® podem ser utilizados, conjuntamente, quando aplicados previamente ao entomopatógeno.

PALAVRAS-CHAVE
Fungo entomopatogênico; ornamentais; controle microbiano

Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br