Abundância e potencial impacto das aves granívoras no cultivo de arroz em Itajaí, Santa Catarina, Brasil

Joaquim Olinto Branco Bruna Rafaela Keske Edison Barbieri Sobre os autores

RESUMO:

A assembleia de aves granívoras no cultivo de arroz irrigado foi avaliada ao longo de um ciclo anual da cultura, por meio de 12 amostragens realizadas em 3 áreas (90 ha) no município de Itajaí, Santa Catarina, entre agosto de 2010 e julho de 2011. Foram registradas 10 espécies, distribuídas em 5 famílias e 2 ordens, sendo a Sturnella superciliaris (43,88%) e a Sicalis flaveola (36,88%) as que participaram com as maiores abundâncias. As espécies regulares contribuíram com 45,17%, seguidas das ocasionais (30,37%) e sazonais (24,43%). Apenas a abundância de S. flaveola foi significativamente diferente entre os meses de amostragens (F11-33 = 7,1290; p < 0,01), influenciada pelos menores valores entre dezembro e janeiro, enquanto os índices de diversidade e equitabilidade apresentaram a mesma tendência de flutuação, com valores médios oscilando entre 0,47 ± 1,37 e 0,29 ± 0,83 respectivamente. O prejuízo médio por hectare, estimado pela ação de S. superciliaris e S. flaveola , foi de 8,35 ± 1,66 e 6,10 ± 1,48 kg de arroz, equivalente a R$ 49,07 nas 3 áreas monitoradas, obtendo-se uma média anual de perda de 82,9 kg em 90 ha de cultivo de arroz estudados.

PALAVRAS-CHAVE:
aves granívoras; Sturnella superciliaris; Sicalis flaveola; arroz irrigado

Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br