ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DA REGIÃO DOS FERIMENTOS PROVOCADOS POR MORCEGOS HEMATÓFAGOS DESMODUS ROTUNDUS (GEOFFROY, 1810) EM BOVINOS SOB CONDIÇÕES DE CAMPO

TOPOGRAPHIC ANALYSIS OF WOUNDS CAUSED BY THE VAMPIRE BAT DESMODUS ROTUNDUS (GEOFFROY, 1810) IN CATTLE UNDER FIELD CONDITIONS

S.N. Pereira C.B. Gitti M.M.O Cabral Sobre os autores

RESUMO

Existem diversas espécies de morcegos no Brasil, sendo somente três hematófagas. O morcego Desmodus rotundus (Geoffroy, 1810), conhecido como “morcego vampiro comum”, apresenta-se amplamente distribuído por todo território brasileiro e é encontrado em maior número do que as outras espécies de morcegos hematófagos. É responsável pela transmissão de diferentes doenças a outros mamíferos, especialmente a raiva nos herbívoros. Com o objetivo de avaliar regionalmente os ferimentos causados pelo D. rotundus em bovinos sob condições de campo, foram estudadas 12 propriedades rurais no período de março de 2005 a março de 2006 no Município de Valença, RJ. De um total de 580 bovinos examinados, foram observados 101 com ferimentos provocados por morcegos hematófagos (D. rotundus). Após análise dos resultados, pôde-se concluir que D. rotundus utiliza diferentes locais para se alimentar nos bovinos e as regiões corporais que apresentaram maior número de ferimentos foram a ântero e a póstero-superior. O elevado número de ferimentos encontrados, na metade superior dos bovinos (85,87%), justifica a adoção de metodologias de controle populacional de morcegos hematófagos que utilizem o contato corporal desses morcegos com o dorso do animal.

PALAVRAS-CHAVE
Mordedura; bovinos; Desmodus rotundus

Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br