Accessibility / Report Error

Atividade antimicrobiana contra Macrophomina phaseolina e controle de podridão cinzenta da haste em soja pelos medicamentos homeopáticos Sepia e Arsenicum album

RESUMO:

O objetivo deste estudo foi avaliar o controle da podridão cinzenta da haste em soja, pulverizando soluções homeopáticas de Sepia e Arsenicum album, nas dinamizações 6, 12, 24, 36 e 48CH (centesimal hahnemaniana), bem como verificar a atividade antimicrobiana desses tratamentos contra Macrophomina phaseolina. Como tratamentos adicionais utilizou-se água destilada e solução hidroalcoólica a 30% de etanol. Foram realizados ensaios in vitro a fim de analisar o número de microescleródios e o crescimento micelial do fungo, e ensaios in vivo para acompanhar o progresso da doença e o tamanho da lesão. Para área abaixo da curva de crescimento micelial (AACCM), A. album não apresentou efeito, no entanto, Sepia reduziu em até 32% o crescimento. Para microescleródios não houve diferença estatística. Para área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD), tanto Sepia quanto A. album na dinamização 24CH apresentaram redução de até 50% no primeiro ensaio e de até 70% no segundo ensaio quando comparados com a solução hidroalcoólica. Estes resultados indicam o potencial desses medicamentos homeopáticos no controle de podridão cinzenta da haste em soja.

PALAVRAS-CHAVE:
controle alternativo; Glycine max; homeopatia

Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br