Densidade de Diachasmimorpha longicaudata (Ashmead) e do hospedeiro Ceratitis capitata (Wied) no incremento da produção de fêmeas do parasitoide

Carlos Gustavo da Cruz Clarice Diniz Alvarenga Patricia Cristina do Carmo Oliveira Edileuza dos Reis Souza Conceição Zenobia Cardoso dos Santos Teresinha Augusta Giustolin Maria das Dores da Cruz Souza Sobre os autores

RESUMO:

Objetivou se neste estudo avaliar a proporção de larvas de Ceratitis capitata e fêmeas de Diachasmimorpha longicaudata que resulta no incremento do parasitismo e da produção de fêmeas na progênie. Foram utilizadas fêmeas de Diachasmimorpha longicaudata copuladas, com experiência em parasitar e oito dias de idade, e larvas de terceiro instar de C. capitata, provenientes da criação mantida no Laboratório de Controle Biológico da Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES). Cinco densidades de larvas de C. capitata foram oferecidas (10, 20, 30, 40 e 50) às fêmeas do parasitoide, em cinco densidades diferentes (1, 2, 5, 10 e 15). As larvas foram expostas às fêmeas do parasitoide por meio de “unidades de parasitismo”, em gaiolas adaptadas, pelo tempo determinado de uma hora. Foram avaliadas as variáveis: razão sexual, porcentagem de parasitismo e mortalidade pupal. Tanto a densidade de larvas de C. capitata quanto a densidade de fêmeas do parasitoide influenciaram no parasitismo, na produção de fêmeas na progênie e na mortalidade pupal. Foi observada nas proporções 1:1 e 1:2 (larvas/fêmeas) maior produção de fêmeas na progênie. Proporções acima de 1:2 reduziram a razão sexual, e valores abaixo de 1:1 causaram altas porcentagens de mortalidade pupal. As fêmeas apresentaram maior atividade de parasitismo quando estavam em grupos dividindo o mesmo espaço. Proporções iguais de larvas de C. capitata e fêmeas do parasitoide resultaram em melhor eficiência na produção de fêmeas na progênie.

PALAVRAS CHAVE:
controle biológico; razão sexual; moscas-das-frutas; parasitismo

Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br