Antibiose e antixenose de feijão-fava a Zabrotes subfasciatus (Boh.) (Coleoptera: Chrysomelidae: Bruchinae)

Antibiosis and antixenosis of lima bean to Zabrotes subfasciatus (Boh.) (Coleoptera: Chrysomelidae: Bruchinae)

José Edmir Girão Filho Luiz Evaldo de Moura Pádua Eliana de Freitas Pessoa Paulo Roberto Ramalho Silva Sobre os autores

RESUMO:

O feijão-fava é uma importante fonte de proteínas e renda para muitas famílias do Nordeste do Brasil. O gorgulho Zabrotes subfasciatus é uma das principais pragas de feijão-fava armazenado, causando prejuízos quantitativos e qualitativos. A resistência genética é uma das formas mais promissoras para o controle de pragas. Dessa forma, esta pesquisa teve o objetivo de estudar e caracterizar os tipos e os níveis de resistência genética de oito acessos de feijão-fava ao ataque de Z. subfasciatus . Os ensaios foram realizados em laboratório com temperatura e luminosidade controladas, em delineamento inteiramente casualizado, utilizando os acessos UFPI 230, UFPI 264, UFPI 271, UFPI 515, UFPI 468, UFPI 220, UFPI 280 e UFPI 134 como tratamentos. Foram realizados dois testes: sem chance de escolha e com livre chance de escolha. Houve diferenças significativas para número de ovos, insetos emergidos e mortalidade larval/pupal no teste com livre escolha por meio dos testes F e de Scott-Knott a 5% de probabilidade. Os índices de atratividade e de preferência para oviposição revelaram que existem diferentes níveis de resistência do tipo não preferência para oviposição. Todos os acessos apresentaram um nível baixo de antibiose. Os acessos UFPI 220, UFPI 468, UFPI 264, UFPI 134 e UFPI 230 apresentaram resistência por antixenose quando comparados com UFPI 515. O acesso UFPI 515 foi o mais suscetível.

Palavras-chave:
teste sem escolha; teste com livre escolha; grãos armazenados; Phaseolus lunatus

Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br