Accessibility / Report Error

Principais alterações no leite por agentes causadores de mastite no rebanho caprino dos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro

Major changes in milk by mastitis causative agents in goat herd from the states of Minas Gerais and Rio de Janeiro, Brazil

Resumos

A mastite subclínica caprina ocasiona prejuízos econômicos em decorrência do descarte, dos gastos com medidas terapêuticas e da redução da quantidade e qualidade do leite e seus derivados. Nesse estudo, 129 amostras de leite de cabra in natura, provenientes de 11 propriedades foram avaliadas pelo teste da caneca telada, California Mastitis Test (CMT), exame bacteriológico, pesquisa de Mycoplasma spp. e pela determinação dos parâmetros físico-químicos. No teste da caneca telada e no CMT, 3,1% e 4,6% das amostras foram positivas, respectivamente. No exame bacteriológico, 57,4% das amostras foram positivas e o patógeno mais frequente foi Staphylococcus coagulase negativa com 56% das cepas resistentes à penicilina e 100% de sensíveis à gentamicina. Mycoplasma spp. não foi identificado nas amostras. O diagnóstico da mastite subclínica pelo CMT e pelo exame bacteriológico diferiu de forma significativa e não houve associação entre o número de UFC/mL obtidas no exame microbiológico e o resultado do CMT (Qui-quadrado p < 0,05). Os parâmetros físico-químicos diferiram significativamente entre os rebanhos (ANOVA, Tukey-Kramer, p < 0,05) e a gordura foi o constituinte que demonstrou maior amplitude, sendo que 63,4% dos rebanhos apresentaram os valores abaixo do exigido pela legislação brasileira. Não houve associação significativa entre a presença de mastite diagnosticada pelo exame bacteriológico e os valores obtidos para os parâmetros físico-químicos (t-Student p > 0,05). Com base nos resultados obtidos, recomenda-se a associação do exame bacteriológico quando na utilização do CMT para diagnóstico da mastite subclínica caprina.

Leite de cabra; mastite; parâmetros físico-químicos; microbiológicos


Goat mastitis causes significant economic losses due to the discarding of milk, costs of drugs and veterinary care, reducing the quantity and quality of milk and dairy products. In this study, 129 raw milk samples from 11 goat farms were investigated by the Tamis test, California mastitis test (CMT), bacteriological exam, presence of Mycoplasma spp. and physicochemical parameters. Seven (4.6%) and four samples (3.1%) were positive by CMT and Tamis test respectively. Bacteriological exam was positive from 57.4% of samples and coagulase-negative Staphylococcus was the most frequent bacteria isolated showing 56% of the strains resistant to penicillin and no resistance to gentamicin. Negative results were obtained from traditional culture as well as by PCR for Mycoplasma spp. The diagnosis of mastitis, the bacteriological exam and the CMT results differed significantly and no association was observed (chi squared, p < 0.05). Fat was the constituent with more variations and 63.4% of the herds did not meet the minimum requirement according to Brazilian government criteria for this constituent. There was no significant association between mastitis and the physicochemical parameters (t-Student, p > 0.05). The physicochemical parameters differed significantly (ANOVA, Tukey-Kramer, p < 0.05) among the herds. These results indicate the need to associate microbiological exam when the CMT is used for the diagnosis of goat mastitis.

Goat milk; mastitis; physicochemical parameters; microbiological


  • ALMEIDA, J.F.; NASCIMENTO, E.R.; PEREIRA, V.L.A.; BARRETO, M.L.; CAMPOS, C.A.M.; AZEVEDO, E.O. Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) no diagnóstico de micoplasmose caprina a partir de cultivos estocados em glicerina. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, v.29, p.54-57, 2007.
  • AZEVEDO, E.O.; ALCÂNTARA, M.D.B.; NASCIMENTO, E.R.; TABOSA, I.M.; BARRETO, M.L.; ALMEIDA, J.F.; ARAÚJO, M.D.O.; RODRIGUES, A.R.O.; RIET-CORREA, F.; CASTRO, R.S. Contagious Agalactia by Mycoplasma agalactiae in small ruminants in Brazil: first report. Brazilian Journal of Microbiology, v.37, p.576-581, 2006.
  • BARROS, G.C.; LEITÃO, C.H.S. Influência da mastite sobre as características físico-químicas do leite de cabra. Pesquisa Veterinária Brasileira, v.12, n.3/4, p.45-48, 1992.
  • BRASIL. Ministério da Agricultura e do Abastecimento. Secretaria Nacional de Defesa Agropecuária. Instrução Normativa nº 37 de 31 de outubro de 2000. Regulamento Técnico de Produção, Identidade e Qualidade do Leite de Cabra. Diário Oficial da União, Brasília, 8 de novembro de 2000.
  • BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa nº 22 de 14 de Abril de 2003. Métodos Analíticos Oficiais Físico-Químicos para controle de leite e produtos lácteos. Diário Oficial da União, Brasília, 2 de maio de 2003. Seção I, p.3.
  • CONTRERAS, A.; CORRALES, J.C.; SIERRA, D.; MARCO, J. Prevalence and aetiology of non-clinical intramammary infection in Murciano-Granadina goats. Small Ruminant Research, v.17, p.71-78, 1995.
  • CONTRERAS, A.; SIERRA, D.; SÁNCHEZ, A.; CORRALES, J.C.; MARCO, J.C.; PAAPE, M.J.; GONZALO, C. Mastitis in small ruminants. Small Ruminant Research, v.68, p.145-153, 2007.
  • COSTA, A.L. da Leite caprino: um novo enfoque de pesquisa. Sobral: Embrapa Caprinos e Ovinos. Disponível em: <http://www.cnpc.embrapa.br/>. Acesso em: 20 out. 2009.
  • DAL POZZO, M.; VIEGAS, J.; SANTURIO, D.F.; ROSSATO, L.; SOARES, I.S.; ALVES, S.H.; COSTA, M. Atividade antimicrobiana de óleos essenciais de condimentos frente a Staphylococcus spp. isolados de mastite caprina. Ciência Rural, v.41, p.667-672, 2011.
  • GOMES, V.; LIBERA, A.M.M.P.D.; MADUREIRA, K.M.; ARAUJO, W.P. Influência do estágio de lactação na composição do leite de cabras (Capra hircus). Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v.41, p.339-342, 2004.
  • GOTTARDI, C.P.T.; MURICY, R.F.; CARDOSO, M.; SCHMIDT, V. Qualidade higiênica de leite caprino por contagem de coliformes e estafilococos. Ciência Rural, v.3, p.743-748, 2008.
  • LIMA JUNIOR, A.D.; NADER FILHO, A.; VIANNI, M.C.E. Sensibilidade "in vitro" dos Staphylococcus aureus e Staphylococcus coagulase negativos, isolados em casos de mastite caprina, à ação de antibióticos e quimioterápicos. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v.45, p.291-296, 1993.
  • McDOUGALL, S.; MURGOUGH, P.; PANKEY, W.; DELANEY, C.; BARLOW, J.; SCRUTON, D. Relationship among somatic cell count, California mastitis test, impedance and bacteriological status of milk in goats and sheep in early lactation. Small Ruminant Research, v.40, p.245-254, 2001.
  • MEGERSA, B.; TADESSE, C.; ABUNNA, F.Ocurrence of mastitis and associated risk factors in lactating goats under pastoral management in Borana, Southern Ethiopia. Tropical Animal Health and Production, v.42, p.1249-1255, 2010.
  • MOTA, R.A. Aspectos Epidemiológicos, diagnóstico e controle das mastites em caprinos e ovinos. Tecnologia & Ciência Agropecuária, v.2, n.3, p.57-61, 2008.
  • MUNGATANA, N.K.; NGURE, R.M.; SHITANDI, A.; ONYIEGO, B.; MUTUMA, M. Effect of experimental Staphylococcus aureus mastitis on compositional quality of goat milk. International Journal of Dairy Technology, v.64, p-360-364, 2011.
  • NATIONAL COMMITTEE FOR CLINICAL LABORATORY STANDARDS (US). Performance standards for antimicrobial susceptibility testing: 13th. Informational supplement, Wayne, Pa.: NCCLS, 2003. (NCCLS Document M100-S13).
  • NATIONAL MASTITIS COUNCIL (US). Laboratory handbook on bovine mastitis Madison, WI: NMC, 1999. 222p.
  • PAAPE, M.J.; CAPUCO, A.V. Cellular defense-mechanism in the udder and lactation of goat. Journal of Animal Science, v.75, p.556-565, 1997.
  • PEIXOTO, R.M.; FRANÇA, C.A.; SOUZA JÚNIOR, A.F.; VESCHI, J.L.; COSTA, M. Etiologia e perfil de sensibilidade antimicrobiana dos isolados bacterianos da mastite em pequenos ruminantes e concordância de técnicas empregadas no diagnóstico. Pesquisa Veterinária Brasileira, v.30, p.735-740, 2010.
  • PEREIRA, R.A.G.; QUEIROGA, R.C.R.E.; VIANNA, R.P.T.; OLIVEIRA , M.E.G. Qualidade química e física do leite de cabra distribuído no Programa Social "Pacto Novo Cariri" no Estado da Paraíba. Revista do Instituto Adolfo Lutz, v.64, p.205-211, 2005.
  • PERSSON, A.; PETERSSON, B.; BOLSKE, G.; JOHANSSON, K. Diagnosis of contagious bovine pleuropneumonia by pCR-Laser-Induced Fluorescence and PCR-Restriction Endonuclease Analysis Based on the 16S rRNA Genes of Mycoplasma mycoides subsp. mycoides SC. Journal of Clinical Microbiology, v.37, p.3815-3821, 1999.
  • PRATA, L.F.; RIBEIRO, A.C.; REZENDE, K.T.; CARVALHO, M.R.B.; RIBEIRO, S.D.A.; COSTA, R.G. Composição, perfil nitrogenado e características do leite caprino (Saanen). Região Sudeste. Brasil. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v.18, p.428-432, 1998.
  • QUEIROGA, R.C.R.E.; TRIGUEIRO, I.N.S.; FERREIRA, M.C.C. Caracterização do leite de cabras mestiças do Brejo Paraibano, durante o período de lactação. Higiene Alimentar, v.12, p.77-80, 1998.
  • QUEIROGA, R.C.R.E.; COSTA, R.G.; BISCONTINI, T.M.B.; MEDEIROS, A.N.; MADRUGA, M.S.; SHULER, A.R.P. Influência do manejo do rebanho, das condições higiênicas da ordenha e da fase de lactação na composição química do leite de cabras Saanen. Revista Brasileira de Zootecnia, v.36, p.430-437, 2007.
  • RAPINI, L.S.; CERQUEIRA, M.M.O.P.; CARMO, L.S.; VERAS, J.F.; SOUZA, M.R. Presença de Staphylococcus spp. produtores de enterotoxinas e da toxina da síndrome do choque tóxico em manipuladores de queijo de cabra. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v.57, p.825-829, 2005.
  • SAMBROOK, J.; FRITSCH, E.F.; MANIATIS, T. Molecular cloning: a laboratory manual. 2th.ed. New York: Cold Spring Harbor Laboratory Press, 1989. v.2, Cap.14.
  • THRUSFIELD, M. Epidemiologia veterinária 2.ed. São Paulo: Roca, 2004. 556p.
  • VILANOVA, M.; GONÇALVES, M.; OSÓRIO, M.T.M.; ESTEVES, R.; SCHMIDIT V. Aspectos sanitários do úbere e composição química do leite de cabras Saanen. Acta Scientiae Veterinariae, v.36, p.235-240, 2008.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    04 Jun 2013
  • Data do Fascículo
    Mar 2013

Histórico

  • Recebido
    26 Set 2011
  • Aceito
    06 Fev 2013
Instituto Biológico Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1252 - Vila Mariana - São Paulo - SP, 04014-002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@biologico.sp.gov.br