Accessibility / Report Error

Ocorrência de pneumonia aspirativa em crianças disfágicas pós videofluoroscopia

Occurrence of aspiration pneumonia in dysphagic children post video fluoroscopy

INTRODUÇÃO: A literatura relata que quando se trata de avaliação instrumental da deglutição em crianças, sem dúvida, a videofluoroscopia da deglutição oferece grandes vantagens sobre o estudo endoscópico (6). OBJETIVO: Verificar o risco de pneumonia aspirativa após a realização do estudo da deglutição por vídeofluoroscopia, em crianças com disfagia. MÉTODO: Em estudo de corte prospectivo, participaram 16 crianças com idade entre 6 meses e 10 anos, com média de 5,2 anos, encaminhadas para estudo da deglutição por videofluoroscopia. Foram testadas 4 consistências, pudim, néctar, mel e líquido. A presença de sinais e/ou sintomas respiratórios foram avaliados pré e pós estudo da deglutição por videofluoroscopia, por meio de histórico e exame clínico. Quando necessário solicitado radiografia de tórax. RESULTADOS: Das 16 crianças, 5 não apresentaram disfagia. Em 11 crianças o exame demonstrou 4 com disfagia leve, 2 moderada e 5 grave, conforme Classificação de OTT (1996) - Classificação da gravidade da disfagia à videofluoroscopia9. Das 7 crianças que aspiraram durante a realização do exame, apenas 1 apresentou sintomas respiratórios após o estudo da deglutição, porém sem sinais de pneumonia ao exame físico. CONCLUSÃO: Na população estudada, não houve ocorrência de pneumonia aspirativa após a realização do estudo da deglutição por vídeofluoroscopia, apesar da ocorrência de aspiração durante o exame em cerca de 50% dos casos.

transtorno de deglutição; fluoroscopia; pneumonia aspirativa


Fundação Otorrinolaringologia Rua Teodoro Sampaio, 483, 05405-000 São Paulo - SP - Brasil, Tel.(55 11) 3068-9855, Fax: (55 11) 3079-6769 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: arquivos@forl.org.br