A grama é sempre mais verde do outro lado: Triplectides Kolenati, 1859 (Leptoceridae) e Marilia Müller, 1880 (Odontoceridae) ocupando casulos de outras espécies de Trichoptera

Lucas Marques de Camargos Ana Maria Oliveira Pes

OBJETIVO: Larvas de Triplectides spp. e Marilia sp. ocupando casulos de outras espécies são registradas e fotografadas; MÉTODOS: O material foi coletado em diferentes localidades e datas em regiões de Mata Atlântica e Amazônia Central; RESULTADOS: As larvas de Triplectides parecem ter um comportamento oportunista, ocupando uma grande variedade de abrigos, o que reflete seu hábito comum de entrar em galhos vazios ao invés de construir casulos complexos. Entretanto, este comportamento não é registrado freqüentemente em larvas de Marilia, e nós acreditamos que a diferença na rugosidade das paredes interiores, assim como a diferença na cor dos tipos de materiais dos casulos limitam o comportamento oportunista entre as espécies deste gênero; CONCLUSÕES: Estudos experimentais com diferentes espécies podem ajudar o entendimento desse comportamento à luz dos valores adaptativos.

comportamento oportunista; construção de casulo; biologia; Integripalpia; insetos aquáticos


Associação Brasileira de Limnologia Av. 24 A, 1515, 13506-900 Rio Claro-SP/Brasil, Tel.:(55 19)3526 4227 - Rio Claro - SP - Brazil
E-mail: actalimno@gmail.com