Utilização de sedimento artificial na avaliação da toxicidade do cromo sobre Chironomus xanthus, Danio rerio e Poecilia reticulata

OBJETIVO: Sedimentos artificiais com formulações simples foram utilizados para avaliar a toxicidade do Cr em C. xanthus, D. rerio e P. reticulata. MÉTODOS: Os organismos foram expostos a duas formulações: sem matéria orgânica (S0) e com 1% de matéria orgânica (SIII), contaminadas com Cr nas concentrações de 90; 180; 360; 720 e 1440 mg/kg para os ensaios com C. xanthus e 375; 750; 1500 e 3000 mg/kg para os ensaios com peixes. RESULTADOS: Os resultados dos ensaios agudos demonstraram uma redução de até quatro vezes na toxicidade frente à presença de matéria orgânica detrital biodegradável (MO). C. xanthus apresentou maior sensibilidade ao metal em relação aos peixes. A redução na toxicidade do Cr frente à presença de MO foi verificada nos valores de CL50, que estiveram mais elevados nos em SIII (C. xanthus = 1234,43 mg/kg ; D. rerio = 2263,54 m/kg e P. reticulata = 2244,48 mg/kg) em relação à S0 (C. xanthus = 340,56 mg/kg; D. rerio = 1731,04 mg/kg e P. reticulata = 1733,55 mg/kg). CONCLUSÕES: Os sedimentos artificiais com formulações simples foram satisfatórios na avaliação da toxicidade e asseguram resultados confiáveis em estudos ecotoxicológicos

Sedimento artificial; cromo; C. xanthus; D. rerio; P. reticulata


Associação Brasileira de Limnologia Av. 24 A, 1515, 13506-900 Rio Claro-SP/Brasil, Tel.:(55 19)3526 4227 - Rio Claro - SP - Brazil
E-mail: actalimno@gmail.com