Un théâtre de "l'hypothèse communiste"?

"Teatro político" não significa, muitas vezes, grande coisa - nada mais que o encantamento, certamente valorizador, de "todo teatro é político". Mas que designa nesse caso a política? Pretende-se, neste artigo, entender "político" no sentido de "comunismo", tal qual o filósofo Alain Badiou tematizou recentemente em sua teoria da emancipação. Com efeito, emite-se aí a hipótese de uma "hipótese comunista". Este trabalho propõe-se desde já interrogar as potenciais incidências, sobre o "teatro político" (um teatro da "hipótese comunista"), da ligação da política unicamente com as perspectivas emancipatórias e igualitárias. Com isso, deseja esboçar, no rastro de Badiou, uma primeira periodização desse teatro, refletir sobre a apreensão de sua história e introduzir, consequentemente, o estudo de suas estratégias e funções.

Teatro político; hipótese comunista; história


Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ Av. Horácio Macedo, 2151, Cidade Universitária, CEP 21941-97 - Rio de Janeiro RJ Brasil , - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: alea.ufrj@gmail.com