Alacranes en la Habana: el cuento policial cubano de Lino Novás Calvo* * Este trabajo se enmarca en el Proyecto FONDECYT Iniciación 2017 nº 11171169 (CONICYT, Chile), que lleva por título “Calibre corto: sendas del cuento policial cubano”, del que soy investigador responsable.

Scorpions in Havana: Lino Novás Calvo’s cuban detective fiction

Resumo:

O presente artigo está focado nos oito contos policiais que Lino Novás Calvo publicara na revista Bohemia entre 1948 e 1952. Apresenta-se esses textos como antecedente do neopolicial cubano contemporâneo, que está especialmente caraterizado pelo profundo signo social das suas narrativas. A confrontação entre diversas produções do autor (cartas, artigos e contos policiais) permite estabelecer a importância que Novás Calvo deu à atmosfera e às personagens que habitam seus relatos, conseguindo harmonizar o cubano com o universal. Ambientes deletérios e seres depravados permitiram-lhe se aprofundar nos espaços mais perversos de uma sociedade havanesa caraterizada, segundo o escritor, pela falsidade, a violência e a corrupção. Finalmente, destaca-se como é usado por Novás Calvo a convergência de espaços e acontecimentos, a incidência de circunstancias político-sociais -especialmente o bonchismo- e o registro de modalidades linguísticas próprias do contexto; como recurso para mostrar uma Havana com total nitidez.

Palavras-chave
Lino Novás Calvo; 8 narraciones policiales; conto cubano; neopolicial cubano; narrativa policial latino-americana; Bohemia

Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ Av. Horácio Macedo, 2151, Cidade Universitária, CEP 21941-97 - Rio de Janeiro RJ Brasil , - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: alea.ufrj@gmail.com