João do Rio, Alcântara Machado, Alberto Cavalcanti: entre o filme de papel e a Crônica de Celuloide

João do Rio, Alcântara Machado, Alberto Cavalcanti: between paper film and celluloid newspaper

Miriam Gárate

O presente artigo visa examinar a relação de mão dupla entre crônica jornalístico-literária e cinema documental, adotando como corpus de análise Cinematógrafo. Crônicas cariocas (1909) de João do Rio, Pathé Baby (1926) de Antônio Alcântara Machado e Rien que les heures (1926) de Alberto Cavalcanti.

crônica urbana; literatura; cinema documental; início do século XX


Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ Av. Horácio Macedo, 2151, Cidade Universitária, CEP 21941-97 - Rio de Janeiro RJ Brasil , - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: alea.ufrj@gmail.com