O cru, o cozido e o policial: entrevista a Rodolfo Pérez Valero

The raw, the cooked and the criminal: interview with Rodolfo Pérez Valero

Resumo:

A figura de Rodolfo Pérez Valero (Guanabacoa, Cuba, 1947) é fundamental para conhecer o desenvolvimento da literatura policial cubana, dada sua extensa e destacada dedicação ao gênero como criador, mas também por sua faceta de agitador e gestor cultural. Nesta entrevista, Pérez Valero reflete, entre outras questões, sobre as relações entre o poder político cultural e a literatura policial na Cuba das décadas de 1970 e 1980.

Palavras-chave
literatura cubana; literatura policial; Rodolfo Pérez Valero; Quinquênio Cinza

Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ Av. Horácio Macedo, 2151, Cidade Universitária, CEP 21941-97 - Rio de Janeiro RJ Brasil , - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: alea.ufrj@gmail.com