"Um precipício, como a existência"

"A precipice, like existence"

Se o fato antropológico está ligado ao empreendimento de conjurar por meio de "feitiçarias" (Mallarmé) de linguagem o fora-de-todo-sentido do fato da existência (ele, "um precipício"), todo discurso de saber (toda teoria) não menos do que toda arte se descobrem então, uns não menos do que outros, como as propiciações que são. Este artigo pretende sustentar um entendimento radical, meditado, de Kafka: "Escrever é uma forma de oração

Poesia francesa; propiciação; dom; oração


Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ Av. Horácio Macedo, 2151, Cidade Universitária, CEP 21941-97 - Rio de Janeiro RJ Brasil , - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: alea.ufrj@gmail.com