A experiência interior como experiência de ator

The inner experience as an actor's experience

Trata-se de voltar, com Georges Bataille, a um dos dramas mais excessivos e mais impossíveis de representar de A formação do ator, de Stanislavski: a cena chamada de "o dinheiro queimado". Se Tortsov, o mestre desse ensaio teatral que assume a forma de uma narrativa de formação, não cessa de fazer seus jovens atores repetirem essa cena, ao ponto de ela tornar-se um dos leitmotiven maiores do livro, é porque Stanislavski vê nela um limite para o mimodrama e o melodrama cujo domínio é necessário à atuação moderna do ator. Essa cena age como um episódio crítico do acontecimento da "encenação". Pode-se lê-la como uma "experiência interior", o que permite precisar a um só tempo a filosofia singular de Stanislavski e o "método de dramatização" de Bataille.

Bataille; Stanislavski; experiência interior; dramatização; teatro; encenação; representação do ator


Programa de Pos-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras -UFRJ Av. Horácio Macedo, 2151, Cidade Universitária, CEP 21941-97 - Rio de Janeiro RJ Brasil , - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: alea.ufrj@gmail.com