DOIS MESTRES DE OFÍCIO ALEMÃES NO RECIFE OITOCENTISTA: MUNDO DO TRABALHO ARTESANAL E SOCIABILIDADES COTIDIANAS

TWO GERMAN CRAFT MASTERS IN 19TH CENTURY RECIFE: WORLD OF ARTISANAL WORK AND EVERYDAY SOCIABILITY

Marcelo Mac Cord Sobre o autor

Resumo

No Recife oitocentista, artífices brasileiros (pernambucanos e de outras províncias) disputaram mercados com os artesãos europeus. Conflitos entre trabalhadores estrangeiros e nacionais foram uma tônica no referido tempo-espaço. O artigo que entrego ao leitor conta a história de dois mestres de ofícios alemães que experimentaram as referidas conjunturas e construíram estratégias para conquistar serviços (públicos e particulares) e aliados (brasileiros e estrangeiros) para além da pequena comunidade germânica que viveu no Recife oitocentista. Portanto, nesse texto, por meio de significativas evidências empíricas, travaremos contato com as existências do mestre de obras Theodoro Rampk e do mestre marceneiro Remigio Kneip, o que permitirá que conheçamos suas agências e os limites sociais que lhes foram impostas.

Palavras-chave:
artífices; alemães; imigração

Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP Estrada do Caminho Velho, 333 - Jardim Nova Cidade , CEP. 07252-312 - Guarulhos - SP - Brazil
E-mail: revista.almanack@gmail.com