Accessibility / Report Error

CRUZ JOBIM E AS DOENÇAS DA CLASSE POBRE O CORPO ESCRAVO E A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO MÉDICO NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XIX

CRUZ JOBIM AND THE POOR CLASS DISEASES THE SLAVE BODY AND THE KNOWLEDGE PRODUCTION IN THE FIRST HALF OF THE 19TH CENTURY

Resumo

Durante a primeira metade do século XIX no Rio de Janeiro, a produção do conhecimento médico estava intimamente associada à prática e àobservação dos pacientes em seus leitos, unindo o ensino na Faculdade de Medicina aos cuidados de saúde com ospacientes e, posteriormente, ao registro e divulgação das reflexões em teses, manuais, livros e periódicos. Este artigo investiga a construção do conhecimento médico na primeira metade do século XIX a partir das experiências médicas de Cruz Jobim na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Ao analisar discussões publicadas nos periódicos da Sociedade de Medicina do Rio de Janeiro e os textos de Jobim, demonstramos a importância dos pacientes escravizados em tratamento naquele estabelecimento para a construção de teorias etiológicas que influenciaram a medicina brasileira por todo o século XIX. Assim, é possível perceber o quanto a produção de saberes e o cotidiano das práticas médicas estevecomplemente imerso no universo da escravidão.

Palavras-chave:
História da Medicina; escravidão; século XIX; História das Doenças

Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP Estrada do Caminho Velho, 333 - Jardim Nova Cidade , CEP. 07252-312 - Guarulhos - SP - Brazil
E-mail: revista.almanack@gmail.com