Remoção de cistos de Giardia spp. e oocistos de Cryptosporidium spp. na Estação de Tratamento de Esgoto Garcia, no município de Blumenau, SC, Brasil

Removal of Cryptosporidium spp. oocysts and Giardia spp. cysts at a Waste Water Treatment Plant Garcia, in Blumenau, SC, Brazil

Mauro Giovanni Miglioli Jessica Geremias Zuanazzi Joel Dias da Silva Regina Maura Bueno Franco Juliane Araújo Greinert-Goulart Sobre os autores

Resumo

Giardia spp. e Cryptosporidium spp. são agentes etiológicos responsáveis por uma série de epidemias de gastroenterites ocorridas, principalmente, após o consumo de água contaminada. Os cistos e oocistos destes protozoários são resistentes às variações ambientais, bem como a maioria dos processos físicos, químicos e microbiológicos utilizados nas estações de tratamento de água e esgoto. Deste modo, este estudo teve como objetivo detectar e avaliar a remoção de cistos de Giardia spp. e oocistos de Cryptosporidium spp. no sistema de tratamento combinado anaeróbio + aeróbio da ETE Garcia em Blumenau, SC. Para efetuar a detecção de cistos e oocistos, as amostras de efluentes e lodos provenientes da ETE foram concentradas através de filtração em membranas de ésteres de celulose e centrifugação, seguida por reação de imunofluorescência direta (RID) utilizando o Kit diagnóstico - Merifluor(. Para a obtenção dos parâmetros físicos, químicos e microbiológicos, as análises seguiram os padrões preconizados em APHA (2012)AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION - APHA. Standard methods for the examination of water and wastewater. 22nd ed. Washington, DC, 2012.. Concentrações elevadas de cistos de Giardia spp. (máx. 900.000 cistos L-1) foram detectadas em 83,3% dos pontos analisados. Oocistos de Cryptosporidium spp. também foram detectados em elevadas concentrações (máx. 300.000 oocistos L-1) em 66,6% dos pontos analisados. Não foram detectados cistos e oocistos nas amostras do efluente tratado, deste modo o sistema combinado da ETE Garcia apresentou uma eficiência >99,9% para a remoção das formas resistentes destes patógenos, contribuindo para a redução da contaminação ambiental por protozoários patogênicos presentes no esgoto doméstico do município de Blumenau, SC, Brasil.

Palavras-chave:
eficiência de remoção; esgoto doméstico; protozoários de veiculação hídrica.

Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas (IPABHi), Estrada Mun. Dr. José Luis Cembranelli, 5000, Taubaté, SP, Brasil, CEP 12081-010 - Taubaté - SP - Brazil
E-mail: ambi.agua@gmail.com