Accessibility / Report Error

Caracterização química da água subterrânea em área ocupada por cemitério: uso da técnica de espectrometria de fluorescência de raios-X por energia dispersiva (EDXRF)

Chemical characterization of groundwater in the area occupied by the cemetery: use of fluorescence spectrometry X-ray energy dispersive (EDXRF)

Geralmente, o enterro do ser humano pode contribuir para a poluição da água subterrânea, quando do contato com o lixiviado gerado a partir da decomposição dos corpos na zona não saturada do subsolo. O monitoramento desse tipo de atividade foi realizado neste trabalho, que teve como objetivo a determinação da qualidade da água subterrânea em zona ocupada por cemitério. Para isto, utilizou-se a técnica de Espectrometria de Fluorescência de Raios-X por Energia Dispersiva (EDXRF) para a caracterização química da água subterrânea. Foram construídos cinco poços de monitoramento, de acordo com os padrões brasileiros. Foi estimada a flutuação do lençol freático, a superfície potenciométrica e as concentrações dos elementos cálcio, cobre, ferro, fósforo e silício. O Nível da água apresentou-se bastante superficial, variando entre 0,48 a 0,95 m no período seco. A concentração de cálcio variou entre 4,65 a 17,85 mg L-1, cobre entre 0,02 ± 0,29 mg L-1, ferro variou de 0,57 a 15,96 mg L-1, fósforo entre 12 a 13,98 mg L-1, e por último o silício, variando entre 35,55 a 79,12 mg L-1. Conclui-se que o uso da técnica de EDXRF demonstrou ser rápida e eficiente para quantificação de alguns constituintes em águas subterrâneas coletadas em poços de monitoramento sob a influência de cemitério em terreno silto-argiloso.

lixiviado; poços de monitoramento; constituintes


Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas (IPABHi), Estrada Mun. Dr. José Luis Cembranelli, 5000, Taubaté, SP, Brasil, CEP 12081-010 - Taubaté - SP - Brazil
E-mail: ambi.agua@gmail.com