Accessibility / Report Error

Uso racional da água: ações interdisciplinares em escola rural do semiárido brasileiro

Rational use of water: interdisciplinary actions in a rural school in the Brazilian semiarid

Resumos

No Brasil termos como "indústria da seca" e "polígono das secas" são constantemente relacionados à região semiárida do país. Além dos fatores climáticos, atribui-se isto a questões políticas e de infraestrutura, sendo consenso que a principal forma de convivência com a escassez de água é o seu uso racional. Com o propósito de contribuir com o desenvolvimento de comunidades de agricultores familiares desta região, o projeto Universidades Cidadãs em parceria com o projeto Espaço da Água, planejou estratégias em que foram desenvolvidas atividades direcionadas ao manejo racional e a conservação dos recursos hídricos, aplicadas através de metodologias interdisciplinares, conhecimentos e tecnologias específicas junto ao corpo docente e discente de uma escola pública rural da Comunidade de Uruçu, Município de Gurinhém, PB. Os avanços puderam ser contabilizados a partir de resultados que desencadearam uma série de ações práticas na comunidade e entorno como mutirões de coleta de lixo e recuperação de nascentes, além da inclusão de temas relacionados à água, de modo concomitantemente às disciplinas do parâmetro curricular obrigatório, na perspectiva de que os estudantes possam relacionar os assuntos vistos na escola com a sua vida cotidiana.

educação; extensão rural; convivência com as secas


In Brazil, terms such as "drought industry" and "drought polygon" are constantly used in reference to the semiarid region of the country. Besides climatic factors and political and infrastructural issues, there is a consensus that the best way to deal with water scarcity is its rational use. While offering to contribute to the development of farmers' communities in this region, the project "Citizen Universities", in partnership with the project "Space of Water", developed strategies involving the interdisciplinary rational management and conservation of hydric resources, to include knowledge and specific technologies in cooperation with the faculty and students of a rural public school in the Community of Uruçu, Gurinhém, PB. Progress can be seen in the practical applications of the project in the community and surrounding areas, such as forming teams to collect trash and the cleaning up of springs, and the inclusion of issues related to water together with the mandatory curriculum, in the expectation that students can apply the academic issues to their everyday life.

education; extension; living with drought


  • BRASIL. Ministério da Integração Nacional. Nova delimitação do semi-árido brasileiro Brasília, 2005.
  • BRASIL, D. F. Técnicas de extensão em comunidades rurais Natal: URFN, 2006.
  • CARVALHO, R. T. Escola rural ativa: um dos caminhos para a melhoria do ensino em áreas rurais da zona da mata de Pernambuco. Cadernos, UFPE, 1995. Disponível em: <http://www.ufpe.br/proext/images/publicacoes/cadernos_de_extensao/Educacao/rural.htm> Acesso em: 28 jan. 2009.
  • CAMPOS, J. H. B. C.; SILVA, V. de P. R.; AZEVEDO, P. V. de; BORGES, C. J. R.; SOARES, J. M.; MOURA, M. S. B. et al. Evapotranspiração e produtividade da mangueira sob diferentes tratamentos de irrigação. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 12, n. 2, p. 150-156, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662008000200007
  • MIGUEL, L. A. A.; LORENA ; OLIVEIRA, F. G. de; BARROS JÚNIOR, G. Condições de reprodução de agricultores em municípios da Paraíba. Revista Pesquisa, São Paulo, v. 1, p. 453-460, 2007.
  • MODARRES, R.; SILVA, V. de P. R. da. Rainfall trends in arid and semi-arid regions of Iran. Journal of Arid Environments, Roxby Downs, v. 70, n. 2, p. 344-355, 2007. http://dx.doi.org/10.1016/j.jaridenv.2006.12.024
  • OVIGLI, D. F. B.; OVIGLI, F. M.; TOMAZELA, A. B. G. Educação ambiental na formação inicial de professores: o curso de pedagogia em foco. Revista Educação Ambiental em Ação, Novo Hamburgo, ano 7, n. 27, 2009. Disponível em: <http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=689&class=02>. Acesso em: 12 abr. 2013.
  • RUBIN, H.; RUBIN, A.; REUTER, C.; KÖNGETER, J. Sustainable Integrated Water Resources Management (IWRM) in a Semi-Arid Area. International Journal of environmental, cultural, economic and social sustainability, Austrália, v. 2, n. 3, p. 165-179, 2006.
  • SOARES, L. G. da C.; SALGUEIRO, A. A.; GAZINEU, M. H. P. Educação ambiental aplicada aos resíduos sólidos na cidade de Olinda, Pernambuco - um estudo de caso. Revista Ciências & Tecnologia, São Paulo, v. 1, n. 1, 2007.
  • SOARES, Z. T. Educação ambiental: desafios para recuperação e aproveitamento do cerrado na mesorregião sul maranhense. Revista Educação Ambiental em Ação, Novo Hamburgo, ano 8, n. 30, 2009. Disponível em<http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=797&class=02>. Acesso em: 12 abr. 2013.
  • SOUZA, L. de C. L. As representações sociais de meio ambiente de estudantes da 3ª série do ensino médio como instrumento da educação ambiental - um estudo de caso. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL, 3., 2005, Ribeirão Preto. Anais.. Ribeirão Preto: UNESP; UFSCar; USP, 2005. 1 CD-ROM.
  • UNICEF. O semi-árido brasileiro e a segurança alimentar e nutricional de crianças e adolescentes Brasília: 2003. Disponível em: <http://www.unicef.org/brazil/pt/caderno_completo.pdf> Acesso em: 11 jul. 2011.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    08 Out 2013
  • Data do Fascículo
    Abr 2013
Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas (IPABHi), Estrada Mun. Dr. José Luis Cembranelli, 5000, Taubaté, SP, Brasil, CEP 12081-010 - Taubaté - SP - Brazil
E-mail: ambi.agua@gmail.com