Conservação de coleções em ambientes tropicais: coletando e comunicando dados do Museu Paulista/USP, Brasil (1997-2000)

Caring for collections in tropical environments: collecting and communicating data at Museu Paulista/USP, Brasil (1997-2000)

Resumos

As atividades de monitoramento e controle ambiental nas regiões temperadas originaram os parâmetros e práticas hoje estabelecidos mundialmente para a conservação de acervos; tais parâmetros e práticas, entretanto, podem não ser adequados à conservação de acervos em regiões tropicais. Este trabalho apresenta uma pesquisa sobre as condições ambientais em museu de região tropical, o Museu Paulista da Universidade de São Paulo. Trinta e três salas, halls e corredores nos quatro pavimentos do Museu Paulista têm sido monitorados por termo-higrógrafos desde 1997. Grandes variações na UR (30-98%) e temperatura (12-35 graus C) foram registradas. O efeito nocivo sobre as coleções, esperável em situações climáticas tão inconstantes, não foi encontrado onde há ventilação apropriada. O monitoramento possibilitou, também, a identificação de áreas de alto risco, onde ações localizadas podem ser introduzidas de forma econômica. Desenvolver um modo efetivo de comunicar essas informações ambientais à equipe do museu mostrou-se vital à implementação de medidas sustentáveis de monitoramento e controle climáticos.

Clima em Museu; Clima Tropical; Clima Brasileiro; Museus Brasileiros; Monitoramento Ambiental


The monitoring and environment control activities in the temperate regions have originated the parameters and the actions now established, world widely, for the conservation of the collections; such parameters and the actions, nevertheless, may not be adequate for the conservation of the collections in tropical regions. This work presents a research about the environmental conditions in a museum in a tropical region, the Museum of the University of São Paulo (Museu Paulista da Universidade de São Paulo). Thirty-three rooms, halls and corridors in the four of the museums floors have been monitored with thermo hygrographs since 1997. Huge variations in the UR (30-98%) and temperature (12-35 degrees C) have been registered. The harmful effect on the collections, expected in so changeable climatic situations, has not been found where there is proper ventilation. The monitoring has also enabled the identification of the high-risk areas, where local actions can be introduced in an economical way. Developing an effective way of passing ahead this environment information to the museum's staff has been proved vital for the implementation of sustainable measures of monitoring and climatic control.

Climate in a Museum; Tropical Climate; Brazilian Climate; Brazilian Museums; Environmental Monitoring


CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO

Caring for collections in tropical environments: collecting and communicating data at Museu Paulista/USP, Brasil (1997-2000)1 1 This project would not exist without the hard work of Christine May Kauffmann Fidalgo (graphic designer, Museu Paulista); Alexandre Henrique da Silva (graduation student scholar 2001-2003, author of Cartas Climáticas); Lincoln Seiji Tejima (graduation student scholar 2000-2001 author of Plantas temáticas) ; Dinah Eastop (The Textile Conservation Centre, University of Southampton, UK) and Prof. Dr. Tarik Rezende de Azevedo from the Laboratório de Climatologia e Biogeografia do Departamento de Geografia da FFLCH/USP – who joined the project in 2002.

Conservação de coleções em ambientes tropicais: coletando e comunicando dados do Museu Paulista/USP, Brasil (1997-2000)

Teresa Cristina Toledo de Paula

Museu Paulista da USP

ABSTRACT

The monitoring and environment control activities in the temperate regions have originated the parameters and the actions now established, world widely, for the conservation of the collections; such parameters and the actions, nevertheless, may not be adequate for the conservation of the collections in tropical regions. This work presents a research about the environmental conditions in a museum in a tropical region, the Museum of the University of São Paulo (Museu Paulista da Universidade de São Paulo). Thirty-three rooms, halls and corridors in the four of the museums floors have been monitored with thermo hygrographs since 1997. Huge variations in the UR (30-98%) and temperature (12-35 degrees C) have been registered. The harmful effect on the collections, expected in so changeable climatic situations, has not been found where there is proper ventilation. The monitoring has also enabled the identification of the high-risk areas, where local actions can be introduced in an economical way. Developing an effective way of passing ahead this environment information to the museum's staff has been proved vital for the implementation of sustainable measures of monitoring and climatic control.

Keywords: Climate in a Museum. Tropical Climate. Brazilian Climate. Brazilian Museums. Environmental Monitoring.

RESUMO

As atividades de monitoramento e controle ambiental nas regiões temperadas originaram os parâmetros e práticas hoje estabelecidos mundialmente para a conservação de acervos; tais parâmetros e práticas, entretanto, podem não ser adequados à conservação de acervos em regiões tropicais. Este trabalho apresenta uma pesquisa sobre as condições ambientais em museu de região tropical, o Museu Paulista da Universidade de São Paulo. Trinta e três salas, halls e corredores nos quatro pavimentos do Museu Paulista têm sido monitorados por termo-higrógrafos desde 1997. Grandes variações na UR (30-98%) e temperatura (12-35 graus C) foram registradas. O efeito nocivo sobre as coleções, esperável em situações climáticas tão inconstantes, não foi encontrado onde há ventilação apropriada. O monitoramento possibilitou, também, a identificação de áreas de alto risco, onde ações localizadas podem ser introduzidas de forma econômica. Desenvolver um modo efetivo de comunicar essas informações ambientais à equipe do museu mostrou-se vital à implementação de medidas sustentáveis de monitoramento e controle climáticos.

Palavras-chave: Clima em Museu. Clima Tropical. Clima Brasileiro. Museus Brasileiros. Monitoramento Ambiental.

Full text available only in PDF format.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Artigo apresentado em 7/2003. Aprovado em 9/2003.

  • ASHLEY-SMITH, Jonathan. Risk assessment for object conservation London: Butterworth-Heinemann, 1999. 358 p.
  • CABRAL, Edson. Análise das alterações climáticas da cidade de São Paulo (1887-1995) no contexto da expansão de sua mancha urbana 1997. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
  • CASSAR, May. Environmental management: guidelines for museums and galleries. London: Routledge, 1997. 164 p.
  • DREWES, Jeanne (Org.). Selected bibliography: tropical preservation. Baltimore: Johns Hopkins University, 1998. 3 p.
  • GOMES, José C. Parque da Independência – normas e diretrizes para a proteção ambiental e paisagística. São Paulo: CONDEPHAAT, 1976.
  • MICHALSKI, Stefan. Relative Humidity: A discussion of correct/incorrect values. In: ICOM COMMITTEE FOR CONSERVATION, 10., 1993, Washington. Meeting... p. 624-629.
  • KERSCHNER, Richard L.; BAKER, Jennifer. Practical climate control: a selected annotated bibliography. Disponível em: <WWW reference: http://palimpsest.standford.edu/byauth/kerschner/ccibiblio.html>
  • PEARSON, Colin. Preserving Collections in Tropical Countries. Conservation, The GCI Newsletter, Los Angeles, v. 12, n. 2, p. 17-18, 1997.
  • TARIFA, José R.; ARMANI, Gustavo. Unidades Climáticas Urbanas da cidade de São Paulo In: ATLAS Ambiental do Município de São Paulo. São Paulo: Laboratório de Climatologia, Universidade de São Paulo, 2000.
  • TESHIMA, Lincoln S. O meio físico da cidade de São Paulo São Paulo: Museu Paulista da USP, 2001, 10 p. Inédito.
  • TOMÁS, Denis Dorighello. Comportamento da umidade relativa do ar em centros urbanos: o exemplo da metrópole de São Paulo. 1999. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.

  • 1
    This project would not exist without the hard work of Christine May Kauffmann Fidalgo (graphic designer,
    Museu Paulista); Alexandre Henrique da Silva (graduation student scholar 2001-2003, author of
    Cartas Climáticas); Lincoln Seiji Tejima (graduation student scholar 2000-2001 author of
    Plantas temáticas) ; Dinah Eastop (The Textile Conservation Centre, University of Southampton, UK) and Prof. Dr. Tarik Rezende de Azevedo from the
    Laboratório de Climatologia e Biogeografia do Departamento de Geografia da FFLCH/USP – who joined the project in 2002.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    24 Ago 2009
  • Data do Fascículo
    2001

Histórico

  • Recebido
    Jul 2003
  • Aceito
    Set 2003
Museu Paulista, Universidade de São Paulo Rua Brigadeiro Jordão, 149 - Ipiranga, CEP 04210-000, São Paulo - SP/Brasil, Tel.: (55 11) 2065-6641 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anaismp@usp.br