Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, Volume: 13, Issue: 2, Published: 2005
  • Apresentação

    Samara, Eni de Mesquita
  • Introdução Estudos de Cultura Material

    Angotti-Salgueiro, Heliana
  • A construção de representações nacionais: os desenhos de Percy Lau na Revista Brasileira de Geografia e outras "visões iconográficas" do Brasil moderno Estudos de Cultura Material

    Angotti-Salgueiro, Heliana

    Abstract in Portuguese:

    A emergência disciplinar das ciências humanas, especialmente da geografia e da etnologia, caminhou, desde o início do século, ao lado da formação das coleções fotográficas e de outras séries figurativas inscritas na construção de representações nacionais internacionalmente comparáveis, ancoradas no regionalismo. Neste artigo, os desenhos de Percy Lau para a série "Tipos e aspectos do Brasil", em seção da Revista Brasileira de Geografia a partir de 1939, são colocados em relação com outras "visões iconográficas" do Brasil moderno - no caso, as fotografias dos franceses Pierre Monbeig e Marcel Gautherot. Na associação de imagens em séries correlatas evidencia-se uma cultura visual que se generaliza, num momento em que tanto a viagem individual como o ato de fotografar se tornam práticas cada vez mais comuns e acessíveis. A convergência de representações de uma mesma geração convida-nos a detectar na mise en serie as convenções visuais e os parâmetros do estilo documentário de uns e de outros, para que se chegue a uma síntese sobre o pensamento imagético da época. As imagens evidenciam itinerários figurativos geograficamente coincidentes resultando em representações que, por extensão e repetição, tornam-se ícones. Os tipos e aspectos da série de Percy Lau e os textos que os acompanham inscrevem-se na geografia vidaliana, uma das matrizes intelectuais da geografia brasileira, em momento de sua institucionalização, em pleno Estado Novo. Se história, viagem e imagem apóiam-se no comparatismo, recuperar os modelos de conhecimento na base das representações, tecendo as persistências, apropriações, transformações e hibridismos das séries iconográficas em todos os níveis, é um vasto programa de pesquisas abertas ao diálogo interdisciplinar.

    Abstract in English:

    The disciplinary emergence of the human sciences, specially Geography and Ethnology, has evolved, from the beginning of the century, alongside the formation of photographic collections and other figurative series inscribed in the construction of internationally comparable national representations, anchored on regionalism. In this article, Percy Lau's drawings for the series "Types and Aspects of Brazil", in a section of the Revista Brasileira de Geografia magazine from 1939 onwards, are compared to other "iconographic views" of modern Brazil - in this case the photographs by Frenchmen Pierre Monbeig and Marcel Gautherot. A visual culture in the process of generalization is highlighted in the association of images in correlated series, at a moment when both the solo journey and the act of photographing ad become increasingly common and accessible practices. The convergence of representations by one same generation invites us to detect in the mise-en-serie the visual conventions and the documentary style parameters of one and the other, so that a synthesis of the imagistic thought of the era is arrived at. The images evidence geographically coincident figurative itineraries, resulting in representations that, by extension and repetition, become icons. The types and aspects of Percy Lau's series and the texts accompanying it are inscribed within the Vidalian geography, one of the intellectual matrices of Brazilian geography, in its moment of institutionalization, during the Estado Novo period. If history, travel and image lean on comparativeness, weaving persistencies, appropriations, transformations and hybridisms of the iconographic in all levels, then it constitutes a vast research program open to interdisciplinary dialogue.
  • A coleção fotográfica de Marcel Gautherot Estudos de Cultura Material

    Segala, Lygia

    Abstract in Portuguese:

    Considerando o debate contemporâneo da antropologia sobre a fotografia, interessa compreender a constituição de uma das mais importantes coleções fotográficas sobre o Brasil do século XX, aberta à consulta pública, a do francês Marcel Gautherot (1910 - 1996). São cerca de 25 mil fotogramas, adquiridos em 1999 pelo Instituto Moreira Salles e guardados em sua reserva técnica, no Rio de Janeiro. Comenta-se no texto o trabalho do fotógrafo, vinculado a projetos documentários de instituições como o Musée de l'Homme, em Paris, no final dos anos 1930, e no Brasil, o Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e a Campanha de Defesa do Folclore Brasileiro, entre os anos 1940-1960. Tais compromissos e interesses definem eixos temáticos importantes na produção e na organização do seu acervo fotográfico pessoal. Procura-se discutir os critérios e os procedimentos técnicos que adota para a realização e a classificação de suas imagens, precisando séries, narrativas visuais sobre a diversidade cultural brasileira. Com a aquisição do seu acervo pelo IMS, ganha mais relevo, enquanto coleção institucional, sua qualidade estética. Redefinem-se modos de preservação e conservação, reprodução e circulação dessas fotografias.

    Abstract in English:

    Considering contemporary Anthropology's debate around photography, there is a keen interest in the understanding of one of the most important open to public consultation photographic collections on 20th Century Brazil, that of Frenchman Marcel Gautherot (1910-1996). The collection comprises around 25,000 photographs, purchased in 1999 by Instituto Moreira Salles and kept in its fund in the city of Rio de Janeiro. The text comments on the photographer's work, linked to documentary projects under the patronage of institutions such as the Musée de l'Homme in Paris, at the end of the 1930s, and both the National Historic and Artistic Patrimony Service and the Brazilian Folklore Defence Campaign, in Brazil, between the years of 1940-1960. Such commitments and interests define important thematic groupings in the production and organisation of his personal photographic archive. A discussion about criteria and technical procedures adopted by the photographer is attempted, detailing series and visual narratives about Brazilian culture's density. With the photographs' purchase by the IMS, the oeuvre's aesthetic quality, now as an institutional collection, is highlighted. The collection's manners of preservation and conservation, reproduction and circulation are redefined.
  • O turista aprendiz na Amazônia: a invenção no texto e na imagem Estudos de Cultura Material

    Lopez, Telê Ancona

    Abstract in Portuguese:

    O objeto deste estudo é o escritor Mário de Andrade (1893-1945) em sua experiência de fotógrafo moderno, durante sua permanência no norte, especialmente na Amazônia, em 1927, na primeira das duas grandes viagens do Turista Aprendiz pelo Brasil. Analisa o processo criativo no qual as imagens da Codaque constituem o diário imagético dos negativos e positivos que se justapõe ao diário das legendas e ao do texto onde se desenvolvem as impressões do viajante e a invenção do ficcionista. Aponta também certos vínculos da fotografia produzida nessa viagem com as leituras, a poesia e a ficção andradiana.

    Abstract in English:

    The object of this study is Brazilian writer Mário de Andrade (1893-1945) in his experience as a modern photographer, during his stay in the Northern region of Brazil, specially in the Amazon region, during the first of his two long Apprentice Tourist trips throughout Brazil in 1927. The author analyses the creative process by which the Codaque's images constitute the prints and negatives image diary that overlaps with the diary of legends and of text where the traveller's impressions and the fictionist's invention are developed. The article highlights certain links between the photography produced in this trip and Andrade's readings, poetry and fiction.
  • Moradia escrava na era do tráfico ilegal: senzalas rurais no Brasil e em Cuba, c. 1830-1860 Estudos de Cultura Material

    Marquese, Rafael de Bivar

    Abstract in Portuguese:

    Há um bom tempo a historiografia sobre a escravidão nas Américas analisa o tema da moradia escrava. O debate nas últimas décadas tem girado em torno da discussão da autonomia escrava e do controle senhorial na construção desses espaços, centrando-se em especial na investigação das matrizes africanas das moradias rurais erigidas pelos cativos. Examino, no artigo, a novidade histórica representada por dois tipos específicos de moradia que apareceram após o segundo quartel do século XIX: o barracão de pátio do cinturão açucareiro cubano (na região de Matanzas-Cárdenas-Cienfuegos) e a senzala em quadra do Vale do Paraíba cafeeiro (no Centro-Sul do Império do Brasil). O trabalho demonstra que houve uma articulação histórica estreita entre esses dois arranjos arquitetônicos, passando pela apropriação de certas práticas do tráfico de escravos em solo africano.

    Abstract in English:

    The subject of slaves' living quarters has been under the scrutiny of the historiography around Slavery in the Americas for a good while. The debate decades has revolved in the last few around the discussion on the slaves' autonomy and the master's control in the construction of such spaces, focusing in particular on the investigation of the African matrices present in the rural dwelling spaces built by the captives. I examine, in the article, the historic novelty represented by two specific types of dwelling spaces that emerged after the second quarter of the 19 th century: the patio shed of the Cuban Sugar Belt (in the region of Matanzas-Cárdenas-Cienfuegos) and the square senzala of the river Paraíba Valley coffee region (in the Mid-Southern region of the Brazilian Empire). The text demonstrates that there has been a historic articulation between these two architectural arrangements, and that it is related with the appropriation of certain slave trade practices in African territory.
  • A promoção e a produção das redes de águas e esgotos na cidade de São Paulo, 1875-1892 Estudos de Cultura Material

    Campos, Cristina de

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tem como objetivo analisar como surgiram as redes de águas e esgotos em São Paulo nas últimas décadas do século XIX. Para a construção do novo sistema de abastecimento da cidade, o governo provincial contratou uma empresa privada, a Companhia Cantareira & Esgotos, responsável pela execução e administração desse sistema. Como não conseguiu cumprir o acordo firmado com o governo, a companhia perde a concessão dos serviços e é encampada pelo Estado, passando a denominar-se Repartição Técnica de Águas e Esgotos. Dessa forma, constatamos que o Estado passa de promotor a produtor dessas redes em São Paulo.

    Abstract in English:

    This article seeks to analyse the creation of the water and sewerage systems in the city of São Paulo in the last decade of the 19th Century. The provincial government contracted a private company, the Companhia Cantareira & Esgotos, for the construction of the new water supply system, its execution and administration. Unable to fulfil its part in the contract, the company loses the rights to the services, and is taken over by the State, becoming the "Water and Sewerage Technical Department [Repartição Técnica de Águas e Esgotos]". Therefore, the State moves from the promotion to the production of this infrastructure in São Paulo.
  • Usos y desusos del patrimonio cultural: retos para la inclusión social en la ciudad de México

    Rosas Mantecón, Ana

    Abstract in Portuguese:

    As pessoas que chegam ou não aos museus não têm sido objeto de uma atenção prioritária por parte dessas instituições, geralmente ocupadas em acrescentar, proteger e colocar em cena seus acervos. Este artigo analisa os fatores que têm impulsionado mudanças nessa situação e que colocam novos desafios para os museus, dentre os quais, atrair novos públicos e gerar recursos; mas também, o de re-conceituar sua função como instituição participante do desenvolvimento econômico e social da sociedade contemporânea. A autora mostra o potencial dos estudos de públicos para superar os desafios colocados, baseando-se em análises estatísticas de assistência e expondo estudos qualitativos dos públicos de patrimônio arquitetônico e de museus da cidade do México.

    Abstract in Spanish:

    Quien arriba o no a los museos no ha sido objeto de una atención prioritaria por parte de éstos, generalmente concentrados en acrecentar, proteger y poner en escena sus acervos. El artículo analiza los factores que han impulsado el cambio de esta situación y que plantean nuevos retos a los museos, entre ellos el de atraer nuevos públicos y generar recursos, pero también el de reconceptualizar su función como instituciones incorporadas al desarrollo económico y cultural de la sociedad contemporánea. La autora muestra las potencialidades de los estudios de público para cumplir estos retos, basándose en el análisis de estadísticas de asistencia y exponiendo estudios cualitativos de públicos de patrimonio arquitectónico y de museos de la ciudad de México.

    Abstract in English:

    Museum-goers or those who do not go have not been object of priority attention on the part of these institutions, usually occupied in adding, protecting and staging their collections. This article analyses the factors that have driven changes in that situation and that pose the museums new challenges. Amongst these, the need to attract new publics and to generate resources, but, also, that of re-conceptualising its function as an institution participant in contemporary society's economic and social development. The author shows the potential of attendance studies in the overcoming of the challenges posed, based on attendance statistical analyses and expounds attendance qualitative studies regarding architectural patrimony and museums in Mexico City.
  • Museos: entre identidades cristalizadas y mercados transnacionales

    Bayardo, Rubens

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho abordamos, em primeiro lugar, a problemática das novas coordenadas que a transnacionalização implica e o lugar que ocupa a cultura nesse processo. A seguir, caracterizamos o recente desenvolvimento do setor cultural na Argentina e as mudanças ocorridas na instituição museu, considerando a constituição do patrimônio em relação às políticas culturais e à gestão cultural. Centramo-nos então no caso do Museo de Arte Popular José Hernández e analisamos uma atividade em particular, a Exposición y Feria Artesanal Cultural de los Pueblos Originarios. Essa exposição faz parte de um programa de valorização do artesanato e dos artesãos indígenas, cujo desenvolvimento torna visíveis os conflitos pela definição e apropriação do patrimônio e pela visibilidade e reconhecimento dignos das identidades sociais dos seus produtores no contexto da transnacionalização. Isso permite abordar as dificuldades que ocorrem para atingir os objetivos propostos pelo museu, quando a renovação da instituição e de suas práticas de gestão não são acompanhadas por políticas culturais públicas transversais, que encaminhem e potencializem o trabalho nas direções procuradas.

    Abstract in Spanish:

    En este trabajo abordamos, en primer lugar, la problemática de las nuevas coordenadas que implica la transnacionalización y el lugar que ocupa la cultura en este proceso. Seguidamente, caracterizamos los recientes desarrollos del sector cultural en Argentina y los cambios acaecidos en la institución museo, considerando la constitución del patrimonio con relación a las políticas culturales y a la gestión cultural. Luego, nos centramos en el caso del Museo de Arte Popular José Hernández y analizamos una actividad en particular, la Exposición y Feria Artesanal Cultural de los Pueblos Originarios. Ésta forma parte de un programa de valorización de las artesanías y de los mismos artesanos indígenas, cuyo desarrollo deja a la vista los conflictos por la definición y la apropiación del patrimonio, y por la visibilidad y el reconocimiento dignificantes de las identidades sociales de sus productores en el marco de la transnacionalización. Ello nos permite abordar las dificultades que se plantean para el cumplimiento de los objetivos propuestos por el museo, cuando la renovación de la institución y de sus prácticas gestionarias no están acompañadas por políticas culturales públicas transversales, que las encaucen y potencien en los sentidos buscados.

    Abstract in English:

    This article approaches, firstly, the problematic of the new coordinates implied in transnationalisation, and the place occupied by culture in this process. Then, the recent development of the Argentinean cultural sector and the changes undergone by the museum institution are characterised, considering patrimony constitution with regards to cultural policies and cultural management. The focus is then cast on the case of the Museo de Arte Popular José Hernández, and a specific activity is analysed, that of the Exposición y Feria Artesanal Cultural de los Pueblos Originarios. This exhibition is part of a programme of indigenous handcraft and artisans valorisation, which development makes evident the conflicts for the definition and appropriation of patrimony, and for the visibility and dignified recognition of the social identity of its producers within the context of transnationalisation. This allows for the study of the difficulties experienced in the fulfilling of the aims proposed by the museum, when the renovation of the institution and of its management practices are not accompanied by transversal public cultural policies, which would guide and potentialise the work in the intended directions.
  • O caso da destruição das pinturas murais da sede da Fazenda Rialto, Bananal Consevação e Restauração

    Tirello, Regina A.

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo trata dos murais artísticos oitocentistas da sede da Fazenda Rialto, em Bananal, destruídos em 1996, que constituíam um dos mais importantes conjuntos de pinturas ambientais de temática profana produzidos no Estado de São Paulo no período correspondente ao primeiro ciclo da cultura do café. Atribuídas oralmente ao pintor José Maria Villaronga y Panella, dessas pinturas restaram apenas algumas fotografias e centenas de fragmentos, de impossível reassemblagem. Estudando-se os fragmentos de pintura da Rialto como documento material primário, o trabalho apresentado tem como principal objetivo a identificação das características artísticas e tecnoexecutivas de três conjuntos de murais tributados a um mesmo pintor. Para reconhecimento objetivo dos fazeres artístico-artesanais do período e discussão da atribuição de autoria exclusiva, adotou-se uma metodologia que combina exames laboratoriais e pesquisa histórica das técnicas artísticas. Os sistemas analíticos adotados para esse fim foram: exame com radiação ultravioleta e infravermelha, microscopia óptica, microscopia eletrônica de varredura (MEV) e espectroscopia de energia dispersiva (EDS) para análise química elementar. Discutem-se também questões relativas aos limites da ação preservacionista oficial brasileira sobre essa categoria de obra artística, refletindo sobre o desenvolvimento e as mudanças das noções de historicidade relativas à preservação dos bens do passado e suas implicações metodológicas nos conceitos de conservação e restauro.

    Abstract in English:

    This article is about the eighteenth century mural paintings at the headquarters of Fazenda Rialto, in Bananal, which were destroyed in 1996. These constituted one of the most important sets of ambient paintings with secular themes produced in the state of São Paulo during the period corresponding to the first cycle of coffee production. Orally attributed to the painter José Maria Villaronga y Panella, all that remains of these paintings are some photographs and dozens of fragments, impossible to reassemble. Studying the fragments of the paintings of Rialto as primary material documents, the main objective of this article is to identify the artistic, technical, and executive characteristics of three sets of murals attributed to a single painter. A methodology which combines laboratory tests and historical research on artistic techniques was adopted for objectively recognizing the artistic and artisan characteristics of the period and discussing the attribution of exclusive authorship to the work. The analytical systems adopted for this purpose were: examination with ultraviolet and infra-red radiation, optical microscopy, Scanning Electron Microscopy (SEM) and Energy Dispersive Spectrometry (EDS) to analyze its chemical elements. Issues related to the limitations on official Brazilian preservation activities for this category of artistic work were also discussed, reflecting on the development and changes in notions of historicity related to the preservation of works from the past and their methodological implications for conservation and restoration.
Museu Paulista, Universidade de São Paulo Rua Brigadeiro Jordão, 149 - Ipiranga, CEP 04210-000, São Paulo - SP/Brasil, Tel.: (55 11) 2065-6641 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anaismp@usp.br