• Apresentação EDITORIAL

    BORREGO, MARIA APARECIDA DE MENEZES; MARINS, PAULO CÉSAR GARCEZ
  • Les figures du décorateur français au XXe siècle, une histoire de mots et de pratiques1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    GRONDIN, BEATRICE

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A evolução semântica da palavra “decorador” revela os processos identitários em jogo na construção das figuras de artistas. No alvorecer do século XX na França, os novos valores desse termo têm origem na afirmação do estatuto de artista criador e na consagração da síntese das artes. Uma figura ideal de artista decorador ganha forma, sem, contudo, referir-se a uma categoria profissional estável. Com efeito, não há consenso, no âmbito da recepção crítica, quanto às competências, entre conhecimento e savoir-faire, colaboração independente e coordenação de projeto, visão estética e desenho técnico, concepção sob medida ou em série. Do ensemblier ao arquiteto de interiores, o termo “decorador” não adquire nenhuma definição social e profissional específica. A concepção da decoração de estilo francês moderna e a necessidade de responder às reais demandas da sociedade dividem os criadores. Os princípios racionalistas de arranjo dos espaços, defendidos pela Union des Artistes Modernes (UMA) em 1929, colocam definitivamente em crise a identidade do decorador ornamentalista. A depreciação semântica que se prolonga durante os Trente Glorieuses culmina em reivindicações profissionais que giram em torno da figura do “arquiteto especializado”. Associações como a Union des Artistes Décorateurs Créateurs d'Ensembles (UADCE) e sindicatos como o dos Créateurs d'Architectures Intérieures et de Modèles (CAIM) expressam as novas estratégias identitárias em favor do arquiteto de interiores, criador de modelos ou, mais tardiamente, designer. A especialização e a ampliação das competências do decorador durante esse período revelam porosidades e diferenciações profissionais que são sempre difíceis de legitimar.

    Abstract in French:

    RESUMÉ L'évolution sémantique du mot décorateur révèle les processus identitaires en jeu dans la construction des figures d'artistes. A l’orée du XXe siècle en France, les nouvelles valeurs de ce vocable trouvent leur origine dans l'affirmation du statut d'artiste créateur et dans la consécration de la synthèse des arts. Une figure idéale d'artiste décorateur se dessine sans pour autant renvoyer à une catégorie professionnelle stable. En effet, la réception critique ne fait pas consensus autour des compétences, entre savoir et savoir-faire, collaboration indépendante et maîtrise d'oeuvre, vision esthétique et dessin technique, conception sur mesure et en série. De l'ensemblier à l'architecte d'intérieur, le terme décorateur ne parvient à aucune définition sociale et professionnelle propre. La conception de la décoration de style français moderne et la nécessité de répondre aux besoins réels de la société divisent les créateurs. Les principes rationalistes de l'aménagement, défendus par l' Union des artistes modernes (UMA) en 1929, mettent définitivement en crise l'identité du décorateur ornementaliste. La dépréciation sémantique qui se poursuit pendant les Trente Glorieuses aboutit à des revendications professionnelles autour de "l'architecte spécialisé". Des groupements et syndicats comme l'Union des Créateurs d'ensembles et de modèles (UADCE) et le Syndicat des créateurs d'architectures intérieures (CAIM) témoignent des nouvelles stratégies identitaires au profit de l'architecte d'intérieur, créateur de modèles ou plus tardivement designer. La spécialisation et l'élargissement de compétences du décorateur au cours de cette période révèlent des porosités et des différenciations professionnelles toujours difficiles à légitimer.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The semantic evolution of the word decorator reveals the identity processes at stake in the construction of the image of artists. At the dawn of the 20th century in France, the new values of this word were originated in the affirmation of the status of creative artist and in the consecration of the synthesis of arts. An ideal image of a decorating artist takes shape, but does not, however, refer to a stable professional category. In fact, there is no consensus in the scope of critical reception with regard to the competencies, between knowledge and savoir-fare, independent collaboration and project coordination, aesthetic vision and technical design, tailor-made or serial designs. From ensemblier to interior architects, the term decorator does not acquire any specific social and professional definition. The concept of modern French style decoration and the need to respond to real demands from society divides creators. Rationalist principles of arrangement of spaces, defended by the Union des artistes modernes (UMA) in 1929, placed the identity of ornamental decorators in definitive crisis. The semantic depreciation that extends during the Trente Glorieuses culminates in professional claims that revolve around the idea of the “trained architect”. Associations such as the Union des artistes décorateurs créateurs d’ensembles (UADCE) and unions such as the Créateurs d'architectures intérieures et de modèles (CAIM) represent new identity strategies in favor of the interior architect, model maker or, later, designer. The specialization and expansion of decorator’s skills during this period reveals the porosity and professional differences that are always difficult to legitimize.
  • The sidewalks of Barão de Iguape street: disputes in the implementation of road equipment in São Paulo at the end of the 19th century ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    BORIN, MONIQUE FÉLIX

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo explora a relação entre o poder público e a população de São Paulo na implementação dos equipamentos viários no período entre 1886 e 1905, analisando seu impacto sobre o fazer urbano da cidade. A partir do estudo de caso de intimações para que moradores da rua Barão de Iguape, localizada no bairro central da Liberdade, construíssem os passeios em frente a suas edificações no ano de 1904, discutimos como eram entendidas as responsabilidades sobre a organização urbana naquele momento histórico. Para isso, abordaremos os conflitos e negociações, expressos na documentação das Obras particulares do acervo do Arquivo Histórico de São Paulo. A opção de trabalhar com um elemento de infraestrutura em geral negligenciado, tido como menor em comparação aos outros melhoramentos em implementação - característica que também se expressa na documentação - base da reflexão -, visa justamente apreender a relação entre esses atores no nível do cotidiano. Somos confrontados com um tipo de relação entre esses agentes bastante recorrente na cidade desde o período colonial: um compartilhamento da ação do poder público e dos moradores para a feitura da cidade. O calçamento das ruas da cidade e a construção de seus passeios é um dos exemplos de como essa relação se materializava na paisagem urbana, complexificando as dimensões das disputas políticas envolvidas na urbanização paulistana no fim do século XIX.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article explores the relation between public authority and the population of São Paulo in the implementation of road equipment in the period between 1886 and 1905, analyzing how it impact on the “urban making” of this city. Based in a case study of summonses to residents of Barão de Iguape street, located in the central neighborhood of Liberdade, to construct the sidewalks in front of their buildings in 1904, we discussed how were understood the responsibilities on the urban organization in that historical moment. For this, we will approach their conflicts and negotiations, expressed in the documentation of the “Obras particulares”, of the Historical Archive of São Paulo. The option of working with a generally neglected element of infrastructure, which is considered minor in comparison with the other improvements that were being implemented, characteristic that is also expressed in the central documentation of this article, is precisely to apprehend the relationship between these actors at the level of daily life. We are confronted with a kind of relationship between these agents that was quite recurrent in the city since the colonial period: a sharing of the action of the public authority and of the inhabitants for the making of the city. The pavement of the city’s streets and the construction of the sidewalks is one of the examples of how this relationship materialized in the urban landscape, making complex the dimensions of the political disputes involved in the urbanization of São Paulo in the late nineteenth century.
  • A Praça de Casa Forte: um jardim histórico, um patrimônio cultural do Brasil ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    SILVA, JOELMIR MARQUES DA; CARNEIRO, ANA RITA SÁ; FEITOSA, WILSON DE BARROS; ROLIM, MARIA EDUARDA DANTAS DE OLIVEIRA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O jardim moderno brasileiro foi criado em Recife por Roberto Burle Marx na década de 1930. Ele concebia o jardim como uma reintegração estética dos elementos da natureza onde a vegetação era elemento principal. Com essa intenção, projetou treze jardins públicos entre 1935 e 1937, incluindo a Praça de Casa Forte, seu primeiro projeto. Sendo o jardim perecível e renovável, segundo a Carta de Florença, por toda dinâmica física e biológica, a falta de conservação provoca sua degradação. Assim sendo, apresenta-se neste artigo a historiografia da Praça de Casa Forte, de forma a subsidiar ações efetivas de conservação.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Roberto Burle Marx created the Brazilian modern garden in Recife in the 1930s. He conceived the garden as an esthetic reintegration of the components of nature in which vegetation was the main element and, considering that, designed thirteen public gardens from 1935 to 1937, including Casa Forte Square, his first garden design. As the garden is perishable and renewable, according to The Florence Charter, due to all the physical and biological dynamics, the lack of conservation causes its degradation. Thus, this article presents the historiography of Casa Forte square to subsidize effective conservation actions.
  • A construção do espaço cívico: monumentos e rituais de memória na Natal republicana (1902-1922) ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    VIANA, HELDER DO NASCIMENTO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo analisa o processo de formação do espaço cívico na cidade de Natal entre 1902 e 1922. Procura compreender o papel central dos historiadores locais e do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte na construção de uma memória pública republicana por meio do agenciamento de artefatos, da ressignificação de locais públicos e da prática dos rituais cívicos. A pesquisa visa compreender como a nomeação e renomeação de ruas e logradouros, a criação de praças, o entalhamento e a instalação de estátuas, bustos, lápides, hermas e quadros, a identificação de “sítios históricos” e o estabelecimento de espaços edificados para abrigar relíquias e “objetos históricos” colecionados, bem como as celebrações históricas de personagens e de acontecimentos dignos de nota foram importantes na construção de uma identidade coletiva na qual a consciência histórica deveria ter um lugar relevante.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article analyzes the formation process of civic space in Natal between 1902 and 1922. We seek to comprehend the central role of local historians and of Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (Historical and Geographical Institute of Rio Grande do Norte) in the construction of a public republican memory through the assemblage of artifacts, the attribution of new meanings to public sites and the practice of civic rituals. This research aims to understand how the practice of naming and renaming streets and public parks, creating squares, the carving and installation of statues, busts, tombstones, hermas and paintings, the identification of “historical sites” and the construction of places built to house collected relics and “historical objects”, as well as for the historical celebration of noteworthy characters and events that were important when constructing a collective identity in which the historical consciousness should have a critical role.
  • The turn and the image: a theoretical history of the pictoria-iconic-visual turn and its implications in the human sciences ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    SANTIAGO, FRANCISCO DAS CHAGAS FERNANDES

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este texto historiciza a composição da virada visual e sua importância para as humanidades na contemporaneidade. No Brasil, o debate foi introduzido por Ulpiano Meneses, em artigo hoje antológico, com perspectivas ampliadas posteriormente por Paulo Knauss. A proposta deste artigo é evidenciar o duplo batismo da “virada à imagem”: nos Estados Unidos, em 1992, como pictorial turn por William John Thomas Mitchell no surgimento dos visual studies (estudos visuais); e na Alemanha, em 1994, como iconic turn por Gottfried Boehm, nas bases da atual Bildwissenschaft (ciência da imagem), questão pouco debatida no Brasil. Apresentam-se os desdobramentos do uso da expressão, a transformação da pictorial turn em visual turn na passagem dos anos 1990 para os 2000, e as aproximações entre a vertente norte-americana e a alemã a partir dos anos 2000, o que causaria um retorno às propostas originais. Ao fim do texto condensamos suas propostas para as humanidades e para os estudos da cultura material. A virada pictórica/icônica/visual é tomada como uma metáfora absoluta, um campo de problematização cuja compreensão deve ser ativada por sua historicização como debate acadêmico e diagnóstico sobre questões do mundo passado e contemporâneo.

    Abstract in English:

    ABSTRACT this text historicizes the composition of the visual turn and its importance to the humanities in the contemporaneity. In Brazil, the debate was introduced by Ulpiano Meneses in an anthological article, with perspectives later amplified by Paulo Knauss. The proposal of this article is: to highlight the double baptism of the turning to the image: in the USA, in 1992, as pictorial turn by William John Thomas Mitchell in the emergence of visual studies; and in Germany, in 1994, as iconic turn by Gottfried Boehm on the basis of the current Bildwissenschaft (Science of Image), an issue poorly debated in Brazil. Then, unfoldings of the use of the expression are presented, the transformation of the pictorial turn into a visual turn in the passage from the 1990s to the 2000s, and the approximations between the North American and the German aspects from mid 2000s, which would cause a return to the original proposals. At the end of the text we synthesize his proposals for the humanities and the studies of material culture. The pictorial/iconic /visual turn is taken as an absolute metaphor, a field of problematization, whose understanding must be activated by its historicization as academic debate and diagnosis on issues of the past and contemporary world.
  • Olhando o passado no Palácio Tiradentes: um retrato coletivo da autoridade republicana disfarçado de esperança ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    ALVES, FABÍOLA CRISTINA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo busca discutir o histórico da criação do Palácio Tiradentes dentro do contexto de construção de edifícios públicos que marcaram a autoridade do governo republicano brasileiro na cidade do Rio de Janeiro durante as primeiras décadas do século XX. Procura compreender as relações simbólicas pretendidas pela comissão responsável na escolha do programa iconográfico adotado para a decoração do Palácio Tiradentes. Apresenta um estudo de caso sobre uma das pinturas decorativas que compõem o programa iconográfico do Palácio Tiradentes, a saber: a obra Assinatura da Constituição de 1891 (1926) de autoria de Eliseu Visconti. O objetivo é entender as intenções simbólicas inerentes à escolha do tema da Constituição de 1891 dentro de um programa iconográfico de diretrizes republicanas. E, por fim, refletir sobre como Eliseu Visconti tratou e reinventou o tema da Constituição dentro de certa tradição artística.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This articule aims discuss the history of the Tiradentes Palace’s creation in the contexto of the publics building constructions that marked the brazilian republican government authority at the Rio de Janeiro city during the firts decade of the twenthy decades. It try to understand the symbolics relations meant for the comitee responsible for the choice the iconographic program adopted to de Tiradentes Palace’s decoration. It also presentes a case study about one of decorative paintings that composse the Tiradentes Palace’s iconographic program: the work Signing of the Constitution of 1891 (1926) by Eliseu Visconti. The objective is to undertand the symbolic intentions inherents to the choise oh the Constitutions if the 1891 subject within a guidelines republican iconographic program. After all, to reflect about hou Eliseu Visconti took care and reinvented the theme of the Constitution inside some tradition artistic.
  • Uma corte colonial: arquitetura, mobiliário, ornamentos e utensílios do Palácio Velho de Ouro Preto (1721-1735) ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    GASPAR, TARCÍSIO DE SOUZA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo analisou a arquitetura, os ornamentos e utensílios presentes no Palácio Velho, primeira casa de governadores instalada em Vila Rica e prédio que serviu por residência oficial dos capitães-generais dom Lourenço de Almeida (1721-1732) e Conde das Galvêas. Avaliou-se também a casa que abrigou a morada do capitão-mor de Vila Rica Henrique Lopes de Araújo, anfitrião e benfeitor, residente em prédio vizinho e integrado ao palácio. Demonstra-se que, apesar de vir a transformar-se num espaço cortesão, adaptado às exigências da casa nobre ou senhorial, o Palácio Velho manteve compromissos específicos com a realidade colonial, manifestados, por exemplo, na presença marcante da escravidão, que viria a determinar, aliás, o futuro daquela propriedade.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article analyzed the architecture, ornaments and utensils present in the Ouro Preto Old Palace, the first house of governors installed in Vila Rica and a building that served as the official residence of the Dom Lourenço de Almeida (1721-1732) and Conde das Galvêas captains-generals. The house of the Vila Rica main captain Henrique Lopes de Araújo, host and benefactor, resident in a neighboring and integrated building to the palace, was also evaluated. Although the Ouro Preto Old Palace has became a courtier space, adapted to the demands of the noble or seigniorial house, it maintained specific characteristics of the colonial reality, manifested, for example, in the presence of the slavery, which will determine, furthermore, the future of that property.
  • A igreja Matriz de Santa Luzia e seus retábulos ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    PEDROSA, AZIZ JOSÉ DE OLIVEIRA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A igreja Matriz de Santa Luzia, localizada na cidade mineira homônima, abriga em seu interior conjunto de retábulos que ainda não foram devidamente analisados pela historiografia da arte, apesar de se tratar de peças de significativa importância para o contexto da talha setecentista luso-brasileira. Diante das sombras que repousam sobre o tema, este artigo tem como orientação elementar o estudo de três retábulos do referido templo, em prol de conhecer os aspectos históricos e estilísticos que nortearam sua produção, bem como suas prováveis relações com outros exemplares congêneres encontrados em Minas Gerais.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The Santa Luzia Mother’s Church, in the city of Santa Luzia, holds a group of retables which wasn’t duly analyzed in the context of Art History. Despite being significantly important to Luso-Brazilian carving of the 18th century. In view of the questions that arise on the topic, the present article aims to study three retables of said Church, with the intention of knowing the historic and stylistic aspects which influenced its production, as well as the relationship to other sister retables found in Minas Gerais.
  • São Luiz do Paraitinga: o imaginário fundacional e suas projeções1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    ALLUCCI, RENATA RENDELUCCI; SCHICCHI, MARIA CRISTINA DA SILVA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo discute como o imaginário fundacional da cidade paulista de São Luiz do Paraitinga, relacionado ao traçado urbano da cidade estabelecido na administração do Morgado de Mateus, na província de São Paulo, foi utilizado como argumento nos processos de tombamento dos patrimônios da cidade, contribuindo para a elaboração memorialística de seus moradores. Também analisa outras características históricas, culturais e físicas da região presentes nos imaginários sobre a cidade. Não obstante sua localização no Vale do Paraíba, a influência da cultura do café foi relativa nesta cidade, pois não promoveu ali um conjunto de construções monumentais tão expressivo como em outras cidades da região. A dificuldade de acesso, entre outros motivos, contribuiu para, entre o final do século XIX e início do XX, inibir o desenvolvimento econômico de São Luiz do Paraitinga que, a partir dos anos 1980, buscou na valorização do patrimônio cultural e na vocação para o turismo uma alternativa. Um fato inesperado, a enchente ocorrida em 2010, fez emergir reflexões sobre como a tradição e a memória se tornaram suportes para a reconstrução física e moral da cidade, no intuito de manter a identidade conquistada. O artigo traz também uma reflexão sobre os limites do tombamento para a preservação de conjuntos urbanos, cujas discussões e ações deveriam ocorrer no âmbito do planejamento e da gestão territorial.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The article discusses the way the founding history of São Luiz do Paraitinga, stablished to the Morgado de Mateus administration in the old Province of São Paulo, was repeatedly used as an argument in the city's heritage listing processes as well as in the creation of its residents' memories. The article also analyzes other physical and historical characteristics of the region that are present in the imaginaries of the city. Despite its location in the Vale do Paraíba, the city only received a relatively mild influence of the coffee culture, because there is not an expressive set of monumental buildings as in other cities of the region. Among other reasons, the difficult access contributed to curb the financial development of São Luiz do Paraitinga between the end of the XIX and the beginning of the XX Centuries. The city strived to find an alternative in its cultural heritage and its touristic potential. An unexpected event, the flood that occurred in 2010, brought reflections on how to use the tradition and memory as support to reconstruct the city physically and morally, with the purpose of maintaining its identity. The article also makes a reflection about the limits of listings to preserve urban ensembles, which discussions and acts should be made in the realm of territorial planning and of management.
  • Museus, coisas e pessoas: três estudos de caso para refletir sobre os vínculos entre materialidade e vida social1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    BELEZA, JOANA; MÜLLER, JULIANA; PEREIRA, CLÁUDIA DA SILVA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O presente artigo busca demonstrar a pertinência dos estudos relativos aos vínculos estabelecidos entre pessoas e objetos no entendimento da vida social contemporânea. Para tanto, fundamenta-se a partir de referências teóricas que, em distintas proporções, refletem a respeito da cultura material, entre elas Daniel Miller, Colin Campbell, Grant McCraken, Mary Douglas e Baron Isherwood, Igor Kopytoff e Tania Andrade Lima.5 Para efeito de recorte, os museus serão contemplados como lugares privilegiados na observação de tais vínculos. Nesse sentido, o artigo traz, como exemplos, o Sherlock Holmes Museum (Londres, Inglaterra), o DDR Museum (Berlim, Alemanha) e o Harley-Davidson Museum (Milwaukee, Estados Unidos). Trata-se de ressaltar a importância das pesquisas sobre a relação entre as pessoas e os objetos, nesta proposta favorecida por meio de narrativas ficcionais, de narrativas de períodos históricos e de trajetórias que se desenham em estilos de vida e pertencimentos.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The article aims to argue about the relevance of the studies on the bonds established between people and objects in contemporary social life. Towards that end, it is based on theoretical references related in different measures to the field of material culture, such as Daniel Miller, Colin Campbell, Grant McCraken, Mary Douglas and Baron Isherwood, Igor Kopytoff and Tania Andrade Lima6. As an effect of a thematic approach, museums will be considered as privileged places for observing such bonds. In this sense, the article brings as examples the Sherlock Holmes Museum (London, England), the DDR Museum (Berlin, Germany) and the Harley-Davidson Museum (Milwaukee, USA). It is about emphasizing the importance of researches on the relations between people and objects, which is favored in this proposal through fictional narratives, narratives of historical periods and trajectories drawn in lifestyles and belongings.
  • Estética da imperfeição: o pensamento de John Ruskin e a arquitetura rural em Santa Catarina ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    LIMA, ELIANE BAADER DE; BASTOS, RODRIGO ALMEIDA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O presente artigo apresenta uma proposta de perceber a arquitetura rural edificada pelo artífice imigrante em Santa Catarina a partir do pensamento estético de John Ruskin. As concepções que formam o seu pensamento são tomadas à luz do conceito do fantástico paradoxo, uma chave de leitura bastante oportuna para evidenciar e reiterar características fundamentais daquela arquitetura, como a presença viva do labor humano, a imperfeição como virtude construtiva e a beleza pitoresca da paisagem edificada. A partir da análise de um conjunto arquitetônico construído em madeira, buscou-se compreender a presença do artífice construtor tanto no corpo mesmo do edifício resguardado em sucessivas gerações quanto na preservação de um saber-fazer de técnicas construtivas tradicionais transmitidas de pai para filho.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article presents a proposal to perceive the rural architecture built by the immigrant artisans in Santa Catarina, from the aesthetic thinking of John Ruskin. The conceptions that form his thinking are taken in light of the concept of the fantastic paradox, a key of reading quite opportune to highlight and reiterate fundamental characteristics of that architecture, such as: the living presence of human labor, imperfection as constructive virtue and picturesque beauty of the built landscape. From the analysis of an architectural set built in wood, we sought to understand the presence of the builder in both the body of the building sheltered in successive generations, and in the preservation of a know-how of traditional constructive techniques transmitted from father to son.
  • A gênese da proteção legal para além do monumento no Brasil: o projeto de José Wanderley de Araújo Pinho e seus diálogos com a legislação estrangeira1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    CABRAL, RENATA CAMPELLO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Somando-se a pesquisas que procuram refletir sobre os antecedentes do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan) e desconstruir narrativas que colocam a figura de Mário de Andrade no centro do mito fundador da instituição, o presente artigo procura mostrar a importância das contribuições do deputado baiano José Wanderley de Araújo Pinho para a introdução da proteção legal no Brasil para além do monumento isolado, a partir da análise de seu Projeto de Lei n° 230 de 1930. Para tanto, intenta-se estabelecer relações entre essa proposição e o Decreto-Lei nº 25 de 1937, que cria o Sphan, e, sobretudo, identificar, a partir de leituras intertextuais, citações, nessa proposta do deputado, de legislações estrangeiras, como a espanhola e a italiana.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The present article aims to evaluate the contribution of the congressman José Wanderley de Araújo Pinho to the legal protection of the Brazilian heritage through the analysis of his legislation's proposal n° 230 from 1930. It builds on other researches that seek to reflect on the background of the constitution of Sphan (The National Historical and Artistic Heritage Service) and to deconstruct historical narratives that place the figure of Mário de Andrade at the center of the founding myth of the institution. We establish relations between Pinho's proposal and the Decree-Law n° 25 from 1937, that creats Sphan, and most importantly, we try to identify how the congressman used foreign legislations as reference to his proposal such as the Spanish and Italian's legislations.
  • Cinderelas, bailarinas e a vida longa das galanterias ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    CARVALHO, VÂNIA CARNEIRO DE

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo discute a constituição da identidade feminina associada à exibição do corpo. A sexualização da questão deixou esquecida uma matriz de longa tradição, a etiqueta aristocrática francesa do século XVIII. Uma das estratégias sociais de conservação desse repertório cenográfico se deu com a produção de esculturas representando cenas da aristocracia que ficaram conhecidas como fêtes galantes. Tais objetos estão associados a uma rede de representações que abrangem o balé clássico e os filmes e desenhos animados presentes no imaginário de crianças e adultos.2

    Abstract in English:

    ABSTRACT The article discusses the formation of feminine identity associated with body exposure. The sexualization of this issue has left a long lasting matrix behind - the aristocratic French etiquette of the 18th century. One of the social conservation strategies of this scenographic repertoire may be found in the production of sculptures that represented aristocratic scenes, which became known as fêtes galantes. These objects are associated with a network of representations as wide as the classical ballet, films and animations present in adults’ and children’s imagery.
  • Introduction MUSEUS/DOSSIÊ - Métodos interdisciplinares de análise em acervos museológicos

    BORREGO, MARIA APARECIDA DE MENEZES; MARINS, PAULO CÉSAR GARCEZ
  • Tracing the material history of MAC USP’s Self-Portrait by Amedeo Modigliani MUSEUS/DOSSIÊ - Métodos interdisciplinares de análise em acervos museológicos

    MAGALHÃES, ANA GONÇALVES; RIZZUTTO, MÁRCIA DE ALMEIDA; FARIA, DALVA LÚCIA ARAÚJO DE; CAMPOS, PEDRO HERZILIO OTTONI VIVIANI DE

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo em duas partes (histórico e análise, seguida da parte de interpretação dos dados obtidos por técnicas analíticas) apresenta um estudo da obra Autorretrato (1919, óleo/tela, 100 x 65 cm) de Amedeo Modigliani, pertencente ao acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP). Através do cotejamento entre a documentação de procedência da obra, fontes críticas de abordagem da pintura de Modigliani, com as análises técnico-científicas físico-químicas e de imageamento, foi possível reavaliá-la na articulação entre sua materialidade e sua composição, bem como lançar nova luz sobre sua recepção pela crítica dos anos 1950, quando ela chegou ao Brasil e circulou no contexto internacional por meio de publicações e exposições, já como parte de uma coleção brasileira.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This two-part article (history and analysis, followed by the interpretation of data obtained via analytical techniques) is a study of Amedeo Modigliani’s Self-Portrait (1919, oil/canvas, 100 x 65 cm2), which belongs to the Museu de Arte Contemporânea of the Universidade de São Paulo (MAC USP). By collating documentation on the work’s provenance, critical sources regarding Modigliani’s approach to painting, and technical-scientific (physicochemical and imaging) analyses, we were able to reassess it in light of the articulation between the work’s materiality and composition. We also managed to throw new light on the work’s critical reception in the 1950s, when it arrived in Brazil and received international exposure - at that time, already part of a Brazilian collection - by means of publications and exhibitions.
  • Revealing Hercule Florence, Friend of the Arts: X-ray Fluorescence Analysis MUSEUS/DOSSIÊ - Métodos interdisciplinares de análise em acervos museológicos

    RIZZUTTO, MÁRCIA DE ALMEIDA; LEE, FRANCIS MELVIN; THOMAS, THIERRY

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Os debates sobre o pioneirismo de Hercule Florence (Nice, França, 1804 - Campinas, SP, 1879) na descoberta do processo fotográfico basearam-se, principalmente, em seus manuscritos, uma vez que poucas de suas épreuves photographiques (experiências fotográficas) sobreviveram. Os avanços tecnológicos das últimas quatro décadas permitiram que em 2016 alguns destes exemplares de impressions à la lumière solaire fossem submetidos a análises por metodologias não destrutivas no Instituto de Física da Universidade de São Paulo. Foi possível, então, ampliar o conhecimento sobre os materiais e os procedimentos utilizados em 1833 para a obtenção das primeiras fotografias das Américas, seis antes do anúncio da descoberta da técnica por Louis Daguerre, na França.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The debates about Hercule Florence (Nice, France, 1804 - Campinas, SP, 1879) as the pioneer in the discovery of the photographic process were based mainly on his manuscripts, since few of his épreuves photographiques (photographic experiments) survived. Technological advances in the last four decades have allowed some of his impressions à la lumière solaire to be subjected to analysis by non-destructive techniques at the Instituto de Física of the Universidade de São Paulo in 2016. It was then possible to broaden knowledge of the materials and procedures used in 1833 to obtain the first photographs of the Americas, six years before the announcement of the discovery of the technique by Louis Daguerre in France.
  • Applications of archeometry in eighteenth century São Paulo furniture: indicative analysis and historical contextualization MUSEUS/DOSSIÊ - Métodos interdisciplinares de análise em acervos museológicos

    FÉLIX, ROGÉRIO RICCILUCA MATIELLO; RIZZUTTO, MÁRCIA DE ALMEIDA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Neste artigo, são apresentados os resultados dos exames arqueométricos de Física aplicada sobre duas peças de mobiliário do acervo do Museu Paulista, uma arca-cofre e uma cadeira de couro de sola feitas por volta do século XVIII. As técnicas de análise utilizadas foram o ED-XRF e o imageamento com fluorescência de luz ultravioleta. As análises interdisciplinares tiveram por objetivo identificar os materiais com os quais as peças foram compostas, evidenciando informações históricas sobre a produção moveleira na cidade de São Paulo no século XVIII e princípios do XIX. Os resultados obtidos permitiram identificar parte dos materiais usados na pintura da arca-cofre, como o branco de chumbo e o vermelhão (ou Cinabre), no couro curtido da cadeira e nas partes metálicas de ferro e latão de ambas as peças, ainda que outros procedimentos ainda necessitem ser aplicados para a obtenção de resultados sobre outros materiais. As informações obtidas com as fontes materiais foram confrontadas com dados de documentação textual mais abrangente, como listas de compras de tintas, relatos de viagem e manuais artísticos da época, de maneira a permitir a contextualização da vida material e econômica da cidade, revelando sua dinamicidade e as intrincadas redes comerciais em que estava imbricada.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article presents the results of applied Physics archeometric measurements on two pieces of furniture from the Museu Paulista collection, a chest-safe and a tanned leather chair, both made around the eighteenth century. The analysis techniques used were ED-XRF and imaging with ultraviolet light fluorescence. The interdisciplinary analyses sought to identify the materials with which the pieces were composed, thus presenting historical information about furniture production in the city of São Paulo in the eighteenth century. The obtained results allowed the identification of some of the materials used in the painting of the chest-safe - white lead and vermilion (or cinnabar) - and in the tanned leather and metal parts of the chair - iron and brass in both parts -, although additional procedures still need to be applied for obtaining results on other materials. To allow the contextualization of the material and economy life of São Paulo, the information obtained from material sources were confronted with broader textual documentation data such as paint commission lists, travel reports and artistic manuals of the time, thus revealing the city’s dynamism and its intricate commercial networks.
  • The trajectory and digital reconstitution of a canoe of Museu Paulista - USP MUSEUS/DOSSIÊ - Métodos interdisciplinares de análise em acervos museológicos

    BORREGO, MARIA APARECIDA DE MENEZES; ANDRADE, BERNARDO LUÍS RODRIGUES DE; CECCANTINI, GREGÓRIO CARDOSO TÁPIAS; VEIGA, MILENA DE GODOY; ESTEVES, FILLIPE ROCHA; BULLA, PEDRO HENRIQUE; VALENTE, GABRIEL BUSTANI

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Neste artigo, pretende-se elaborar a trajetória expositiva do beque de proa de uma canoa pertencente ao acervo do Museu Paulista desde seu ingresso na instituição, em 1924, até os dias atuais, refletindo sobre a construção da memória das monções no museu ao longo do tempo. Também serão abordadas as atividades interdisciplinares realizadas entre o Museu Paulista, o Laboratório de Anatomia Vegetal do Instituto de Biociências - USP e o Departamento de Engenharia Naval da Escola Politécnica - USP, a fim de melhor compreender a constituição do canoão, agora musealizado, por meio dos resultados obtidos a partir da pesquisa histórica, dos trabalhos de conservação, dos processos de identificação anatômica da madeira e de fotogrametria de curto alcance.

    Abstract in English:

    ABSTRACT In this article, we intend to elaborate the expository trajectory of the bow of a canoe belonging to the collection of Museu Paulista since its acquisition in 1924, until the present day, reflecting on the construction of the memory of monsoon expeditions in the museum over time. The interdisciplinary activities conducted between Museu Paulista, the Laboratory of Plant Anatomy of the Institute of Biosciences - USP and the Department of Naval Engineering of the Polytechnic School - USP will also be addressed to better understand the constitution of the now musealized canoe, using the results obtained from historical research, conservation efforts, the processes of anatomical identification of wood and short-range photogrammetry.
  • Applications of Laser Scan and drone aerial survey in museums MUSEUS/DOSSIÊ - Métodos interdisciplinares de análise em acervos museológicos

    CINTRA, JORGE PIMENTEL; GONÇALES, RODRIGO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O presente trabalho apresenta alguns conceitos e diversas aplicações da tecnologia Laser Scan 3D (LS3D) para o levantamento de monumentos, peças de museu e esculturas, visando a obtenção de modelos, maquetes virtuais, filmes, exposições virtuais e maquetes em resina. Complementa-se, em alguns casos, com os levantamentos aerofotogramétricos com drone e situa-se na área que vem sendo conhecida como realidade virtual ou realidade aumentada.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study introduces some concepts and several applications of 3D Laser Scan (3DLS) for the survey of monuments, museum pieces, and sculptures, aiming at obtaining models, virtual models, films, virtual exhibitions, and resin models. In some cases, laser scan is complemented by drone aerial surveys, which lies within the field currently known as virtual reality or augmented reality.
  • Introduction MUSEUS/DOSSIÊ - Pintura de história no Museu Paulista

    MARINS, PAULO CÉSAR GARCEZ
  • From the “Paulista peasant” to the “Independence men”: interpretations under dispute over the national past in the Hall of Honor of Museu Paulista1 MUSEUS/DOSSIÊ - Pintura de História no Museu Paulista

    LIMA, CARLOS; NERY, PEDRO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O presente artigo analisa a transformação narrativa operada no Salão de Honra do Museu Paulista, entre 1895, ano de sua inauguração, até a comemoração do centenário da Independência do Brasil em 1922. São observadas as articulações intelectuais e políticas de composição narrativa histórica a partir de encomendas de pinturas especialmente dedicadas àquele espaço celebrativo da fundação da nação, visando compreender que motivos teriam orientado o processo de ascensão de um marco do Império durante a Primeira República. Dessa forma, são abordados projetos que tiveram descontinuidade e inflexões tanto da elite política quanto de intelectuais e pintores.

    Abstract in English:

    ABSTRACT In this article we analyze the narrative transformation that took place in the Hall of Honor of the Museu Paulista, between 1895, year of its inauguration, and the celebration of the centenary of the Independence of Brazil, in 1922. We observed intellectual and political articulations of historical narrative nature based on the commission of paintings specially dedicated to that celebratory space of the founding of the nation, aiming to understand what reasons must have guided the rise process of a landmark of the Empire during the First Republic. Therefore, we address projects that have had discontinuity and deviations both from the political elite and intellectuals and painters.
  • Fundação de São Vicente, by Benedito Calixto: from the order to the exhibition at Museu Paulista (1898-1939) MUSEUS/DOSSIÊ - Pintura de História no Museu Paulista

    POLIDORI, EDUARDO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Esse artigo apresenta hipóteses a respeito da trajetória de Fundação de São Vicente, de Benedito Calixto, pintura incorporada ao acervo do Museu Paulista após as comemorações vicentinas do IV Centenário do Descobrimento do Brasil. Recobram-se, para tanto, os processos de sua encomenda, doação e aquisição definitiva, bem como os sentidos de sua exibição nas exposições elaboradas por Hermann von Ihering e Afonso Taunay para o Museu Paulista.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article presents hypotheses about the trajectory of Fundação de São Vicente, by Benedito Calixto, a painting incorporated to the Museu Paulista collection after the Vincentian celebrations of the IV Centennial of the Discovery of Brazil. For this, the processes of ordering, donating it and its definitive acquisition are recovered, as well as the senses of its display in the exhibitions elaborated by Hermann von Ihering and Afonso Taunay for the Museu Paulista.
  • A sinuous path: Museu Paulista and the appropriations of Fundação de São Paulo, by Oscar Pereira da Silva MUSEUS/DOSSIÊ - Pintura de História no Museu Paulista

    MONTEIRO, MICHELLI CRISTINE SCAPOL

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo analisa a tela Fundação de São Paulo, feita por Oscar Pereira da Silva, em 1907, sob a perspectiva da sua relação com o Museu Paulista, local em que foi exposta desde 1929. Tomando a tela como um enunciado, pretende-se situá-la em seus contextos, evidenciando as suas ressignificações, advindas das múltiplas percepções em relação ao que seu conteúdo imagético afirmava. Ao explorar a relação entre a tela e o Museu Paulista, será demonstrado que o objetivo de Oscar Pereira da Silva era representar o ato embrionário da cidade e dos paulistas e transformar a sua obra em um documento significativo da narrativa histórica. Porém, a difícil inserção da tela na narrativa do Museu Paulista fez com que essa conquista fosse repleta de tensões. Ao analisar momentos importantes na trajetória da tela, como a sua inserção na Pinacoteca do Estado, a sua transferência para o Museu Paulista, a sua apropriação nos vitrais da Faculdade de Direito e nos materiais das comemorações do IV Centenário de São Paulo, será demonstrado que o transcurso do tempo associado à sua musealização renovou e notabilizou sua apropriação social, possibilitando a sua integração ao imaginário paulistano e paulista.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The article analyzes the painting Fundação de São Paulo, did by Oscar Pereira da Silva in 1907, from the perspective of its relationship with the Museu Paulista, where it is on exhibition since 1929. Taking the painting as a statement, the intention is to situate it within its contexts, highlighting its re-significations, which arise from the multiple perceptions regarding what was affirmed by its image content. By exploring the relationship between the painting and the Museu Paulista, it will be demonstrated that Oscar Pereira da Silva’s objective was to represent the embryonic act of the city and of the Paulistas and transform his work into a significant historical narrative document. However, the difficult insertion of the painting in Museu Paulista’s narrative made this achievement full of tensions. By analyzing important moments in the painting story, such as the addition to the Pinacoteca de São Paulo’s collection, the transfer to Museu Paulista, its appropriation by the Faculty of Law’s stained glass windows and by the materials commemorating the IV Centenary of São Paulo, this paper will demonstrate that the passage of time associated with its musealization renewed and evidenced its social appropriation, enabling its integration into the imagery both of the city and of the state of São Paulo.
  • Between friction and serenity, the pathway to the countryside: the panels of Wasth Rodrigues in the peristyle of Museu Paulista MUSEUS/DOSSIÊ

    NASCIMENTO, ANA PAULA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO José Wasth Rodrigues (1891-1957) - artista multifacetado, estudioso e escritor - teve carreira longeva e profícua. Com obras em diversos museus, órgãos públicos e coleções privadas, colaborou no projeto visual de Afonso d’Escragnolle Taunay (1876-1958) para o Museu Paulista em diversos períodos e espaços expositivos. Entre outras obras, são de sua autoria os quatro painéis que apresentam personagens essenciais para a colonização de São Paulo no período quinhentista: D. João III (1932), Martim Afonso de Souza (1932), João Ramalho e filho (1934) e Cacique Tibiriçá e neto (1934). Essas pinturas, realizadas na década de 1930, tiveram como mote as comemorações do IV Centenário da fundação do povoado de São Vicente. As próprias telas, modelos anteriores desses personagens, estudos, reproduções e releituras das pinturas passam a circular em diferentes suportes e épocas. As obras produzidas naquele período - visuais e textuais - advêm de um grupo de profissionais engajados em uma construção histórica do Brasil, tendo como centro o estado de São Paulo no seu período formacional, salientando fatos que colaboraram para a ampliação do território, interiorização da população, crescimento econômico, usos e costumes. Também nos anos 1930, questões ligadas ao patrimônio arquitetônico e cultural começam a ser esboçadas. Como esses temas passam a ser visualizados nas paredes do Museu Paulista? Como se dá a recepção e a comunicação de tais obras e discursos?

    Abstract in English:

    ABSTRACT José Wasth Rodrigues (1891-1957) - a multifaceted artist, scholar and writer - enjoyed a long and fruitful career. With works in various museums, public offices and private collections, Wasth Rodrigues collaborated in the visual project of Afonso d’Escragnolle Taunay (1876-1958) for the Museu Paulista in various periods and exhibition spaces. Among other works, four panels authored by him present fundamental characters for the colonization of São Paulo in the sixteenth century: D. João III (1932), Martim Afonso de Souza (1932), João Ramalho e filho (1934) and Cacique Tibiriçá e neto (1934). These paintings - made in the 1930s - were motivated by the celebrations of the 4th Centenary of the foundation of the village of São Vicente. Previous models of these characters, studies, reproductions, new versions and these very paintings thus began to circulate in different media and periods. The works produced in that period - visual and textual - come from a group of professionals engaged in a historical construction of Brazil, having the state of São Paulo as the center in its formational period, highlighting facts that contributed to the expansion of territory, movement toward the countryside, economic growth, uses and customs. Issues related to the architectural and cultural heritage also began to be outlined during the 1930s. How were these themes observed on the walls of Museu Paulista? How such works and narratives are received and communicated?
  • Achados do Matadouro de São Cristóvão: o artefato arqueológico virtualizado no Museu Histórico Nacional MUSEUS

    FERREIRA, MARIA DE SIMONE; BORSANI, ISABELA MARIA OLIVEIRA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo parte da exposição “Achados da Leopoldina: arqueologia urbana na era digital”, sediada em 2017 no Museu Histórico Nacional, para analisar o lugar e o tempo da musealização e da exposição do objeto arqueológico oriundo do sítio Matadouro Público de São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Para tanto, à luz da legislação específica do campo do patrimônio arqueológico e de suas contingências, reflete-se sobre o uso da virtualidade como recurso expográfico em um caso no qual a pesquisa arqueológica desembocou em uma solução de exposição centrada na linguagem virtual com fins de divulgação da coleção, deixando a cargo do acervo do Museu Histórico Nacional encarnar vicariamente a materialidade dos artefatos arqueológicos do antigo matadouro público da cidade do Rio de Janeiro.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper is based on the exhibition Findings of Leopoldina: urban archaeology in the digital era, hosted by the Museu Histórico Nacional, in 2017. It aims to analyze the place and time of the musealization and the exhibition of the archaeological object deriving from the São Cristóvão Public Slaughterhouse site, in Rio de Janeiro. Therefore, given the specific legislation in the field of archaeological heritage and its contingencies, we reflect upon the use of virtuality as an exhibition resource in a case in which archaeological research led to a particular design solution for the exhibition, consisting of the dissemination of the collection by means of a virtual language, leaving to the objects of the Museu Histórico Nacional to vicariously embody the materiality of the archaeological artifacts of the ancient public slaughterhouse of the city of Rio de Janeiro.
  • A metodologia de pesquisa e catalogação dos cômodos do Museu Casa de Rui Barbosa MUSEUS

    ALMEIDA, ÁLEA SANTOS DE; RANGEL, APARECIDA MARINA DE SOUZA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo apresenta os resultados da pesquisa “Desenvolvimento de metodologia para catalogação dos ambientes de um museu-casa, compreendidos como objetos museológicos”, desenvolvida no âmbito do Programa de Incentivo à Produção do Conhecimento Técnico e Científico na Área da Cultura da Fundação Casa de Rui Barbosa. A metodologia da pesquisa incluiu revisão bibliográfica e aplicação de questionários. Primeiramente discutimos a categoria museu-casa e a relevância do estudo dos interiores domésticos. Posteriormente, discutimos a concepção do cômodo enquanto museália e a importância do registro da trajetória social dos artefatos museológicos. Na quarta seção do artigo, apresentamos e refletimos sobre a coleção de cômodos-objetos do Museu Casa de Rui Barbosa, localizado em uma construção de 1850, que serviu de residência a Rui Barbosa e sua família entre 1895 e 1923. Os questionários foram respondidos por profissionais de museus-casas e pelo público do Museu Casa de Rui Barbosa. No primeiro caso, o objetivo foi investigar as metodologias de documentação museológica; já com a pesquisa de público, buscamos incluir as demandas e percepções dos visitantes sobre o museu-casa. Após essas reflexões e investigações, foi possível elaborar a metodologia de catalogação dos cômodos, que inclui as etapas de observação e leitura dos compartimentos da casa, análise de suas propriedades e preenchimento da ficha catalográfica. Até o presente momento, a pesquisa demonstrou o possível ineditismo desta metodologia, que tem potencial para ser adaptada à realidade de outros museus-casas.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article shows the results of the study “Development of methodology for cataloging the rooms of a historic house museum, understood as museum objects”, developed within the scope of the Incentive Program for the Production of Technical and Scientific Knowledge in the Culture Area of the House of Rui Barbosa Foundation. The study methodology included a literature review and application of questionnaires. Firstly, we discussed the historic house museum category and the relevance of studying domestic interiors in this context; then, we discussed the understanding of the rooms as museum objects and the importance of recording the social trajectory of museological artifacts. In the fourth section of this article, we present and reflect on the collection of object rooms of the Rui Barbosa Historic House, which is located in a construction built in 1850 that served as residence to Rui Barbosa and his family between 1895 and 1923. The field research included questionnaires with professionals of the historic house museum and with the public of the Rui Barbosa Historic House Museum. In the first case, the objective was to investigate the methodologies adopted for elaborating the museum documentation; the research with the public sought to include the visitors’ demands and perceptions regarding the house museum. After such reflections and investigations, elaborating the cataloguing methodology for the rooms was possible, which includes the steps of observation and reading of the house compartments, the analysis of their properties, and the filling of the catalogue records. Up until now, the research has demonstrated the possible novelty of this methodology, which has potential to be adapted to the realities of other historic house museums.
  • Encruzilhadas museológicas: ressonâncias da presença/ausência de Exu no Museu Afro-Brasileiro de Sergipe MUSEUS

    BRITTO, CLOVIS CARVALHO; AGUIAR, FERNANDO JOSÉ FERREIRA; AGUIAR, JANAINA COUVO TEIXEIRA MAIA DE

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo analisa algumas configurações no campo da Antropologia dos Museus, tendo como estudo de caso os usos e as apropriações dos acervos afrorreligiosos existentes no Museu Afro-Brasileiro de Sergipe, em Laranjeiras, SE. A partir de narrativas sobre o contexto da criação do museu, dos dados sobre a formação da Sala de Exu e da análise dos conflitos em torno da representação e da musealização de elementos que evocam a presença e a ausência do orixá Exu na exposição museológica, demonstra múltiplas estratégias da produção de “sagrados” em contextos e instituições seculares. Do mesmo modo, evidencia as ressonâncias presentes nos deslocamentos de bens afrorreligiosos e os conflitos em torno das políticas de (auto) representação materializadas em ações de musealização e de patrimonialização das diferenças culturais.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The article analyzes some configurations in the field of Anthropology of Museums having as a case study the uses and appropriations of the afro-religious collections existing in the Afro-Brazilian Museum of Sergipe, in Laranjeiras-SE. Based on narratives about the context of the creation of the museum, data about the formation of the Exu Room and the analysis of the conflicts around the representation and musealization of elements that evoke Exu in the museological exhibition demonstrates multiple strategies of the production of “sacred” in secular contexts and institutions. In the same way, it highlights the resonances present in the movements of afro-religious goods and the conflicts around the (self) representation policies materialized in musealization actions and patrimonialization of cultural differences.
  • Ponte dos Jesuítas, Rio de Janeiro (RJ): uma análise de seus elementos com base na integração de registros textuais, iconográficos e petrográficos CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO

    ALMEIDA, SORAYA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Considerada a mais importante obra de engenharia brasileira do século XVIII, a Ponte dos Jesuítas, tombada pelo Iphan em 1938, foi construída por religiosos inacianos como parte de um sistema complexo de drenagem e irrigação da Fazenda Santa Cruz, localizada na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. O trabalho aqui apresentado é o primeiro estudo sistemático dos elementos da ponte, realizado com o objetivo de identificar alterações de seus traços originais por meio da integração de textos, imagens históricas e estudo petrográfico das rochas utilizadas como cantarias. Os resultados permitiram reconhecer sinais de intervenções de diferentes períodos e identificar funções de alguns elementos construtivos da obra.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Considered as the most important Brazilian engineering work of the 18th century, the Jesuits Bridge was built by Ignatian priests as part of a drainage and irrigation complex system at Santa Cruz Farm, in the west side of Rio de Janeiro City. This work is the first systematic study of the bridge with the intent of identifying changes of original features by integrating texts, images and petrographic analyses of rocks used as stonework. The results show that interventions occurred at different times and allowed to identify the functions of some of the bridge’s constructive elements.
Museu Paulista, Universidade de São Paulo Rua Brigadeiro Jordão, 149 - Ipiranga, CEP 04210-000, São Paulo - SP/Brasil, Tel.: (55 11) 2065-6641 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anaismp@usp.br