Abordagem estereotáxica guiada por imagem de lesões do sistema nervoso central: precisão diagnóstica, morbidade, mortalidade

Image guided stereotactic approach of central nervous system lesions: accuracy, morbidity, mortality

MARCELO KEN-ITI HISATUGO JOÃO NORBERTO STÁVALE JOSÉ ORLANDO BIDÓ FERNANDO PATRIANI FERRAZ Sobre os autores

Analisamos 75 pacientes com lesões do sistema nervoso central submetidos a biópsia estereotáxica no período de março de 1993 a dezembro de 1998 na Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina. As três lesões mais frequentes foram: metástase, astrocitoma de baixo grau e glioblastoma multiforme. O índice de morbidade foi 2,66% decorrente de: infecção de ferida operatória em uma paciente portadora de cisto talâmico; e de um paciente com linfoma que apresentou crise convulsiva parcial motora durante a cirurgia. A mortalidade foi 1,33% decorrente de piora intensa de edema perilesional, falecendo o paciente após uma semana. O índice de diagnóstico foi 89,33%.

biópsia estereotáxica; morbidade; mortalidade; precisão diagnóstica; edema cerebral


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org
Accessibility / Report Error