Prevalência de distúrbios do sono em crianças de um hospital público em São Paulo

Clarisse Potasz Maria Ligia Juliano Maria José Varela Patrícia Gouveia Ferraz Luciane Bizari de Carvalho Lucila Fernandes do Prado Gilmar Fernandes do Prado Sobre os autores

OBJETIVO: Investigar a prevalência de distúrbios do sono numa amostra de crianças de um hospital público da cidade de São Paulo, Brasil. MÉTODO: 330 crianças que compareceram ao laboratório clínico foram consecutivamente investigadas para a presença de distúrbios do sono, usando-se a Escala de Distúrbios do Sono para crianças. Foram consideradas variáveis como sexo, idade e classificação sócio econômica. RESULTADOS: Os distúrbios respiratórios do sono (DRS) mostraram alta prevalência (55%) em nossa amostra em relação aos dados encontrados na literatura. A prevalência de hiper hidrose do sono (HHS) foi de 27%. Meninos e crianças da faixa etária compreendida entre 7,1 e 11 anos apresentaram prevalências mais altas para distúrbios respiratórios do sono assim como crianças pertencentes às classificações sócio econômicas mais baixas, que também foram mais prevalentes para desordens da transição sono-vigília. CONCLUSÃO: Os distúrbios do sono foram altamente presentes em nosso estudo, principalmente DRS e HHS, que foram mais prevalentes nos meninos, comparados com a literatura internacional.

crianças; distúrbios do sono


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org