Propriedades psicométricas da versão brasileira da Escala de Catastrofização da Dor para dor lombar aguda

Renata Antunes Lopes Rosângela Corrêa Dias Bárbara Zille de Queiroz Nayza Maciel de Britto Rosa Leani de Souza Máximo Pereira João Marcos Domingues Dias Lívia de Castro Magalhães Sobre os autores

Instrumentos de medida da catastrofização da dor para indivíduos de meia-idade e idosos são necessários para compreensão do impacto na dor lombar nessa população. Os objetivos foram adaptar transculturalmente a Escala de Catastrofização da Dor, avaliar a validade de construto pela análise Rasch, verificar a confiabilidade e a validade convergente da catastrofização da dor com fatores psicossociais. Participaram 131 indivíduos comunitários com 55 anos e mais com dor lombar aguda. A confiabilidade intra-examinadores foi de Kp = 0,80 e inter-examinadores Kp = 0,75. A análise Rasch, detectou adequados coeficientes de confiabilidade (0,95 para itens e 0,90 para indivíduos). O índice de separação dos idosos foi de 2,95 e dos itens 4,59. Dos 13 itens, um não se enquadrou no modelo, o que se justificou na amostra avaliada. A catastrofização da dor se correlacionou com a maioria dos fatores psicossociais. O instrumento mostrou-se clinicamente útil. Estudos subsequentes devem proceder às mesmas análises em diferentes populações.

dor lombar; catastrofização da dor; idosos; análise Rasch; estudos de validação


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org